0

Celso Roth lamenta falta de tempo para treinar e recuperar jogadores

11 jul 2015
21h50
  • separator
  • 0
  • comentários

O Vasco é o penúltimo colocado no Campeonato Brasileiro, e ainda pode ser ultrapassado pelo lanterna Joinville neste domingo. Nas últimas três partidas, foram três derrotas, com sete gols contra e nenhum a favor. Com apenas nove pontos e duas vitórias em 13 rodadas, a situação do clube de São Januário fica cada vez mais complicada na competição.

Na noite deste sábado, após a derrota por 2 a 0 para o Grêmio, em Porto Alegre, o técnico Celso Roth enxergou uma evolução na postura da equipe quando estava em desvantagem, mas admitiu que a má forma física e a falta de ritmo de seus principais jogadores estão impedindo que a equipe apresente um futebol de melhor qualidade, e possa jogar de igual para igual com adversários de peso.

"O jogo, até o gol, estava com a iniciativa do Grêmio. Obviamente porque jogava em casa, mas o Vasco estava bem. Aí com uma jogada pelo lado do campo e uma infelicidade nossa, sofremos o gol. Isso mudou totalmente o panorama do jogo", disse o treinador se referindo ao gol contra do zagueiro Anderson Salles.

Durante a partida, ficou claro que os jogadores de melhor qualidade técnica da equipe, se apresentam visivelmente fora de forma e ritmo de jogo. Eder Luis, Dagoberto, Andrezinho e Herrera, vêm de lesões e longos período de inatividade. Para Roth, eles terão de se recuperar jogando.

"Precisamos de um tempo, apesar de o calendário não nos dar isso, para dar sequência a esses jogadores. Temos que recuperá-los colocando para jogar um pouco, tirando", destacou. O treinador ressaltou que não consegue treinar a equipe em virtude da sequência de jogos.

"Eu estou há 18 ou 19 dias no Vasco, e eu treinei o time duas vezes. Foram dois treinos antes do jogo contra o Flamengo, depois só estamos conversando para corrigir os erros. Quarta-feira temos compromisso pela Copa do Brasil", lembrou Roth, para depois garantir que escalará sua força máxima para o duelo contra o América-RN, no Rio de Janeiro, e não poupará ninguém visando o clássico contra o Fluminense, no próximo domingo.

"Eu acho que não estamos numa situação de escolher jogo. Vamos ver quem estará em condições e colocar em campo o que nós temos de melhor. Precisamos do resultado em casa, porque se precisar fazer lá fora complica", afirmou o treinador.

O Vasco recebe o América de Natal na quarta-feira, as 21 horas, em São Januário, pela terceira fase da Copa do Brasil. O jogo de volta será na semana seguinte, em Natal. Pelo Brasileiro, a equipe volta a campo no domingo, pera enfrentar o Fluminense, no Maracanã.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade