0

Dinamite promete reforços, mas elege dívida como prioridade no Vasco

7 mai 2013
17h22

Enquanto o elenco do Vasco viajava para Juiz de Fora (MG), onde começará a se preparar para a estreia no Brasileirão, o presidente Roberto Dinamite atualizou notícias sobre o time, os possíveis reforços e a grave situação financeira pela qual o clube passa.

De acordo com o mandatário, a atual equipe, apontada como uma das candidatas ao rebaixamento à Série B, tem condições de ser campeã brasileira. "Acho que o Vasco pode brigar com seis ou sete favoritos. Temos bons profissionais", afirmou Dinamite à SporTV.

No entanto, Dinamite reconhece que os comandados de Autuori precisam ser reforçados. Novos nomes virão, mas a situação econômica do clube é prioridade. "Precisamos de dois ou três jogadores que venham para fortalecer. Mas, mais do que nunca, precisamos cumprir com a receita do Vasco".A crise financeira em São Januário, segundo o presidente, pode ser explicada pelas dívidas com ex-jogadores. "Tenho as receitas e os patrocinadores, mas esse dinheiro não entra; Pessoas que tinham contrato e não receberam entram com processo, e tenho que cumprir isso", explicou.

Citando nomes como os de Edmundo e Romário para direcionar as antigas dívidas cruzmaltinas, Dinamite garantiu que a salvação poderia estar nos planos de sócio-torcedor. O mandatário revelou que faz reuniões sobre este assunto.

Com dívidas na casa dos R$ 400 milhões, Dinamite também assegurou que, neste momento, os salários estão quase em dia. "Só dez dias de atraso. Essa é a nossa situação. Mas é só o Vasco que atrasa salários?", indagou o ídolo vascaíno para se defender.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
publicidade