1 evento ao vivo
Logo do Brasileiro Série B
Foto: terra

Brasileiro Série B

Perto do acesso, Vasco bate ameaçado ABC e volta a disparar

20 out 2009
22h57
atualizado em 21/10/2009 às 00h29

Cada vez mais próximo de confirmar seu retorno à elite do futebol nacional em 2010, o Vasco voltou a ganhar folga no topo da tabela da Série B do Campeonato Brasileiro com vitória que começa também a definir a parte da baixo da classificação. Nesta terça-feira, no Estádio Frasqueirão, em Natal, o time crumaltino encerrou um pequeno jejum sem triunfos fora de casa ao passar por 3 a 2 pelo ABC, resultado que o faz disparar na liderança, enquanto deixa o adversário no caminho da terceira divisão do País.

» Veja fotos de Vasco x ABC
» Veja a classificação atualizada
» Confira a tabela e os resultados
» Receba os gols do seu time pelo celular
» Comente a vitória do Vasco

Sem conhecer sucessos como visitante desde o dia 26 de setembro, dia em que derrotou o rival do Estado Duque de Caxias, o líder alcança a marca dos 50 gols no torneio e 63 pontos conquistados, beneficiado ainda pelo tropeço do Guarani, batido por 2 a 0 pelo Paraná também nesta terça. Com a derrota de seu principal perseguidor, além dos quatro de vantagem, se distancia em 12 do Figueirense, que na quinta colocação, é a maior ameaça aos integrantes do G-4.

Do outro lado da tabela, o ameaçado ABC conhece a quarta derrota consecutiva e dá sinais que irá mesmo disputar a Série C em 2010. Após tropeços contra Ipatinga, ABC, São Caetano e agora Vasco, o time de Natal permanece estacionado nos 31 pontos desde a 27ª rodada, no dia 29 de setembro e tem campanha superior apenas ao lanterna Campinense, que tem um a menos e nesta terça foi derrotado pelo Bahia, primeira equipe fora da zona de rebaixamento, com 35.

Para conhecer mais um triunfo na Série B, o Vasco fez uso das bolas paradas nesta noite, que se mostraram mortais contra a frágil defesa potiguar. Com apenas oito minutos de bola rolando, todo o planejamento e ímpeto ofensivo do ABC foram prejudicados com o forte jogo aéreo carioca. Em cobrança de escanteio de Paulo Sérgio, Titi escorou pela primeira vez e viu seu companheiro de zaga, Fernando, se antecipar ao goleiro Tiago Cardoso para tirar o zero do placar.

No entanto, uma desatenção vascaína custou a vantagem no marcador e deu a chance para o ABC voltar para o duelo. Um rápido contra-ataque puxado deixou Ricardinho em vantagem contra Amaral, que acabou puxando o atacante da equipe mandante, em pênalti convertido com perfeição pelo zagueiro Gaúcho, aos 15min de jogo. Porém, 13 minutos depois, os visitantes saltaram novamente à frente no placar da mesma maneira que sofreram o empate, em lance que Audálio derrubou Ernani dentro da área. Na cobrança, foi a vez de Carlos Alberto não dar chances de defesa e balançar as redes.

Com o novo gol cruzmaltino, a partida ficou aberta, com a pressão do ABC pelo empate e a velocidade do Vasco nos contra-ataques. Enquanto o time da casa carimbou a trave de Fernando Prass em um chute de Júnior Negão, o clube de São Januário passou perto de fazer o terceiro em finalizações erradas de Nílton e Paulo Sérgio. No entanto, o placar só teria novas alterações no segundo tempo, no primeiro lance após o reinício. Com apenas 14s de recomeço, a equipe comandada pelo técnico Flávio Lopes aproveitou uma falha na saída de bola dos rivais para empatar outra vez, em finalização de Júnior Negão.

A igualdade trouxe também o nervosismo de volta às duas equipes. Com o jogo mais marcado, as faltas foram cometidas em excesso e quem soube melhor aproveitar as bolas paradas novamente foi o Vasco. Aposta do clube para a reta final da Série B, Fumagalli chamou a responsabilidade e marcou pela primeira vez com a camisa cruzmaltina. Aos 14min, o ex-jogador do Sport pediu para bater uma falta sofrida por Carlos Alberto e usou a categoria para tirar do alcance de Tiago Cardoso e decretar a 18º vitória da equipe de Dorival Júnior no torneio.

FICHA TÉCNICA

ABC 2 x 3 VASCO

Gols
ABC: Gaúcho, aos 15min do 1º tempo, e Júnior Negão, aos 14s do 2º tempo
VASCO: Fernando, aos 8min, Carlos Alberto, aos 28min do 1º tempo, e Fumagalli, aos 14min do 2º tempo

Ponto Forte do ABC
- Jogadas de velocidade de Ricardinho, que confundiu a defesa vascaína em diversos momentos

Pontos Fortes do VASCO
- Soube aproveitar os erros do adversário e as bolas paradas para sair com a vitória em Natal

Pontos Fracos do ABC
- Errou ao cometer muitas faltas e falhou na marcação em jogadas de bola parada, como ocorreu nos três gols sofridos

Ponto Fraco do VASCO
- Setor defensivo, que mesmo com números que a apontam como a melhor do campeonato, deu muitas chances ao ataque do ABC e teve apresentação bem abaixo da média

Personagem do jogo
Fumagalli, que decidiu o jogo ao marcar pela primeira vez com a camisa do Vasco

Esquema Tático do ABC
3-5-2
Tiago Cardoso; Gaúcho, Audálio e Rafael; Bosco (Zé Eduardo)), Augusto Recife, Alexandre Oliveira, Sandro e Bruno Barros (Tucho); Ricardinho e Júnior Negão (Selmir); técnico: Flávio Lopes

Esquema Tático do VASCO
3-5-2
Fernando Prass; Paulo Sérgio, Fernando, Titi e Ernani; Amaral, Nilton, Allan (Mateus) e Fumagalli; Carlos Alberto (Adriano) e Elton (Aloísio); técnico: Dorival Júnior

Cartões Amarelos
ABC: Augusto Recife, Audálio, Ricardinho, Alexandre Oliveira e Gaúcho
VASCO: Amaral, Paulo Sérgio, Mateus, Fernando e Titi

Árbitro
Wilson Luiz Seneme (Fifa-SP)

Local
Estádio Frasqueirão, em Natal (RN)



Vasco faz nova vítima na Série B e volta a abrir vantagem de quatro pontos na liderança nacional
Vasco faz nova vítima na Série B e volta a abrir vantagem de quatro pontos na liderança nacional
Foto: Frankie Marcone / Futura Press
Fonte: Redação Terra
publicidade