0

Sem dinheiro, Vasco deve manter Gaúcho para o Brasileiro

20 abr 2010
08h25
Rafael Paiva

Às voltas com problemas financeiros e dificuldade para contratar reforços para o Campeonato Brasileiro, a diretoria do Vasco trabalha com uma solução caseira. A maior prova disso é que o técnico Gaúcho deve seguir no comando do time, não só por ter um bom desempenho à frente do time, mas por conhecer bem a base cruzmaltina e poder pinçar jovens valores para o elenco profissional. O clube até buscou nomes como Abel e Celso Roth, mas todos foram considerados caros.

A favor de Gaúcho está o bom desempenho do treinador no comando do Vasco, que quarta-feira tem jogo decisivo contra o Corinthians-PR para seguir na Copa do Brasil. Em cinco jogos, foram quatro vitórias e apenas uma derrota, em que pese o fato de ter sido a eliminação na semifinal da Taça Rio, para o Flamengo.

Com aproveitamento de 80%, o treinador está à frente do desempenho de seu antecessor, Vagner Mancini: dez vitórias, quatro empates e quatro derrotas, com aproveitamento de 62,9%. Ciente de que os números estão a seu favor, Gaúcho já planeja o Brasileiro e está de olho na base vascaína.

"O Vasco sempre revelou grandes atletas. É o caminho para o futuro. Não é só o Vasco, mas todos os clubes brasileiros precisam revelar porque nem sempre têm condições de contratar. Temos bons garotos na base, mas não quero falar em nomes. Não quero colocar expectativa sobre ninguém. Vamos dar aos atletas oportunidade de se ambientar sem pressão", disse Gaúcho, enfatizando que o objetivo maior, no momento, é o jogo de quarta.

"Agora estamos pensando só na Copa do Brasil. O Vasco é um dos maiores clubes do mundo e vai estar sempre em busca de reforços e grandes jogadores, mas vou ficar focado nesta competição. Mais à frente, vamos atrás de atletas para o Brasileiro", emendou.

Gaúcho deve permanecer no Vasco por conta da crise financeira do clube
Gaúcho deve permanecer no Vasco por conta da crise financeira do clube
Foto: Agência Lance
Fonte: O Dia
publicidade