1 evento ao vivo

Vasco quer espantar a "zebra" na Copa do Brasil

19 abr 2010
12h17

Os jogadores do Vasco não precisam ir longe para encontrar motivos de cautela quarta-feira, na segunda partida das oitavas de final da Copa do Brasil, contra o Corinthians-PR. A história do time de São Januário é repleta de casos em que o pequeno se fez grande e eliminou o time em casa. Para descartar a chance de nova zebra, comissão técnica e jogadores abriram mão de folgas e pregam disposição como aquela que garantiu a vitória no primeiro jogo, em Curitiba.

"Temos de demonstrar a força que mostramos no Paraná. Sabíamos que o campo não era dos melhores e mesmo assim conseguimos o resultado. Estamos focados, todomundo está querendo. O grupo todo está ajudando e isso vai fazer a diferença", disse o volante Nilton, figura certa no jogo decisivo.

O famoso foco destacado pelo camisa 6 pode ser comprovado pela rotina de treinos desde a classificação para a semifinal da Taça Rio, contra o Flamengo. Nesta segunda, o Vasco completa 14 dias de trabalho seguidos e até a próxima folga, programada para quinta-feira, serão 17 de trabalho.

Melhor suar agora do que ter de responder por eliminações diante de adversários como Baraúnas, XV de Novembro e Gama, para citar apenas as mais recentes.

"Hoje em dia, os times considerados pequenos são bons. O time do ASA tinha qualidade, o time do Corinthians também tem. Temos de estar concentrados, principalmente. Um jogo que pode ter casa cheia, temos de sair com a vitória. O horário é bom, feriado, espero que a torcida compareça, a ajuda é muito importante a partir deste momento da Copa", afirmou Philippe Coutinho.

Zebras no Rio de Janeiro

Remo - Em 1991, o Vasco pegou o clube de Belém nas oitavas e foi eliminado após empatar em 1 a 1. No jogo de ida, empate em 0 a 0.

CSA - Novamente nas oitavas de final, o Vasco perdeu por 1 a 0 para os alagoanos, e deixou a Copa do Brasil de 1992.

XV de Novembro - Os gaúchos de Campo Bom marcaram surpreendentes 3 a 0 no Vasco em 2004 e eliminaram o Vasco.

Baraúnas - Veio do Rio Grande do Norte a certeza de que um raio pode cair duas vezes no mesmo lugar: 3 a 0 e Vasco fora em 2005.

Gama - Todos pediam o milésimo gol de Romário, mas os calangos venceram por 2 a 1.

Vasco venceu o primeiro jogo, mas está trabalhando duro para segunda partida diante do Corinthians-PR
Vasco venceu o primeiro jogo, mas está trabalhando duro para segunda partida diante do Corinthians-PR
Foto: Giuliano Gomes / Gazeta Press
Fonte: Lancepress!
publicidade