0

Vasco recebe o Bangu para defender invencibilidade

12 mar 2016
20h01
atualizado em 13/3/2016 às 09h37
  • separator
  • comentários

O Vasco recebe o Bangu neste domingo, às 16 horas (de Brasília), em São Januário, em duelo válido pela estreia das duas equipes na Taça Guanabara, a segunda fase do Campeonato Carioca. O Cruz-Maltino liderou com facilidade seu grupo na etapa anterior e defende uma invencibilidade na temporada. Já os adversários, que foram derrotados por 3 a 1 pelo Flamengo no fim de semana passado, ficaram em quarto lugar no Grupo A, mas não encontraram dificuldades para avançarem.

Jorginho, técnico do Vasco, procurou trabalhar com seus jogadores no sentido de mostrar a eles a importância de começar com vitória essa etapa do Campeonato Carioca, uma vez que a pontuação está zerada e a segunda fase também é de tiro curto.

“A vitória no domingo se torna determinante, porque a Taça Guanabara é uma competição curta, com apenas sete jogos, e os tropeços acabam complicando em termos de classificação. Se começarmos com derrota, por exemplo, algo que não passa pela nossa cabeça, depois vamos ter que buscar os pontos no jogo seguinte e já entraremos em campo pressionados. O Vasco sabe que a partida contra o Bangu já é uma decisão e vem sendo tratada dessa maneira”, disse o atacante Jorge Henrique.

Apesar da necessidade de um triunfo, os vascaínos pregam o máximo de respeito ao adversário. “Enfrentamos o Bangu na pré-temporada e foi um jogo muito complicado, um teste muito importante. Agora teremos mais um duelo que com certeza não vai ser fácil. O time deles mostrou força ao longo de toda a primeira fase. Conseguiu se impor em jogos importantes, e vamos precisar de uma boa atuação para vencermos. Ao longo dos últimos cinco meses, apesar do rebaixamento, sofremos apenas uma derrota, e isso mostra que o time está pronto para desafios e comprometido com os objetivos do clube e da nossa torcida”, analisou o lateral esquerdo Julio Cesar.

O Vasco está definido para esse jogo. O zagueiro Luan e o meia Andrezinho, poupados na vitória de 3 a 1 sobre o Bonsucesso, reaparecem nas vagas de Jomar e Eder Luis, respectivamente. O primeiro foi preservado pelo risco de lesão, enquanto o segundo estava pendurado com dois cartões amarelos. Thalles vai permanecer como o substituto do atacante colombiano Duvier Riascos, vetado por edema na coxa direita.

Pelo lado do Bangu, o técnico Emanoel Sacramento cobra uma partida perfeita de seus comandados. “Vamos enfrentar um dos melhores times neste momento, que sabe como poucos tirar proveito de qualquer vacilo do adversário. Quando se joga contra um rival desse nível, não se pode cometer erros, pois eles costumam ser fatais. Vamos precisar de uma atuação quase perfeita, com entrega total em campo, ocupação de espaços e obediência tática. Também não podemos desperdiçar as chances que aparecerem, pois elas serão poucas. Isso é fundamental”, disse o treinador, que vai contar com força máxima e manter a base da maioria dos jogos na primeira fase do Estadual.

Pelo regulamento, os oito times que estão a Taça Guanabara vão se enfrentar em turno único, com os quatro primeiros colocados avançando para as semifinais e seguindo na disputa pelo título. O quinto e o sexto vão disputar o simbólico título da Taça Rio com os melhores colocados da luta contra o rebaixamento.

FICHA TÉCNICA

VASCO X BANGU

Local: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)

Data: 13 de março de 2016 (Domingo)

Horário: 16 horas (de Brasília)

Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ)

Assistentes: Rodrigo Henrique Corrêa (RJ) e Thiago Corrêa Farinha (RJ)

VASCO: Martin, Madson, Luan, Rodrigo e Julio Cesar; Marcelo Mattos, Julio dos Santos, Andrezinho e Nenê; Jorge Henrique e Thalles

Técnico: Jorginho

BANGU: Célio, Paulo Barrach, Walker, Matheus Avelar e Guilherme; Ives, Magno, Junior e Almir; Giovanni e Geraldo

Técnico: Emanoel Sacramento

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • comentários
publicidade