PUBLICIDADE
Logo do

Vitória

Favoritar Time

Mauro Fernandes é o novo técnico do Vitória

16 fev 2009 - 11h48
(atualizado às 12h01)
Publicidade

O Vitória será mais uma vez comandado pelo técnico Mauro Fernandes. O substituto de Vagner Mancini confirmou que chega a Salvador nesta terça-feira e que tem um antigo sonho para ser realizado: levar o time baiano para a disputa da Libertadores.

» Veja as últimas do Vitória

"Já me desliguei do Atlético-GO e está tudo certo com o Vitória. Me apresento amanhã e chego com o sonho de levar o Vitória para a Libertadores, algo que está mais próximo, pois o clube está na primeira divisão", disse, lembrando que quando assumiu o Vitória, em 2006, o objetivo era levar a equipe para a Série B e, em seguida, para a elite.

"Tínhamos um projeto audacioso de trabalho e colhi o que plantei naquela época: subimos da Série C para a Série B e no ano seguinte chegamos à Primeira Divisão. O projeto de trabalho que o Vitória tem com quatro competições - Copa do Brasil, Sul-Americana, Série A e Estadual - me faz ter duas oportunidades de chegar a Libertadores. Isso é um sonho que plantei e volto para realizá-lo", afirmou.

Pelo Atlético-GO, Mauro Fernandes foi o responsável pelo acesso para a Série B ano passado. O treinador admitiu que a campanha do time goiano sob seu comando é de fazer inveja.

"Nossa campanha é irretocável. Foram 28 jogos em Goiás com 24 vitórias e quatro empates. A torcida está feliz, pois no meu comando não viu a equipe perder dentro do Estado. Foram aproximadamente 40 jogos com apenas cinco derrotas, todas elas fora de casa. É uma campanha de dar inveja a qualquer treinador do futebol brasileiro", declarou.

Acertando os últimos detalhes com a diretoria do Atlético, em reunião realizada na manhã desta segunda-feira, Mauro Fernandes garante que as portas estão abertas para um possível retorno.

"As portas aqui ficam abertas e ouvi do presidente: 'tenho certeza que você voltará ao Atlético'. Estou saindo por um projeto de trabalho e saio da melhor maneira possível. Nos reunimos desde sexta, quando o Vitória me procurou, e deixei tudo muito claro e transparente. Saio com um pesar pela amizade e o trabalho que fiz aqui, mas busco uma melhora profissional", encerrou.

Fonte: Lancepress!
Publicidade