4 eventos ao vivo

Vitória vence mistão do Flamengo e segue sonhando com Libertadores

1 dez 2013
19h32
atualizado às 19h45

Num jogo movimentado e com muitos gols, o Vitória fez o dever de casa nesta tarde de domingo em Salvador, derrotou o Flamengo por 4 a 2, e se manteve vivo na briga por uma vaga na Libertadores de 2014.

Dinei (2), Max Biancucchi e Marquinhos marcaram os gol dos baianos comandados por Ney Franco, enquanto Wallace e Hernane descontaram para o Flamengo.

O resultado deixou o Vitória em sexto lugar com 58 pontos, dois a menos que o Goiás, que joga ainda neste domingo contra o Grêmio, em Porto Alegre. Se o Verdão do Serrado bater o Tricolor Gaúcho, é o fim da linha para o Vitória. em caso de empate ou vitória gremista, os baianos seguem vivos na última rodada.

O Flamengo, estacionou nos 48 pontos. Já livre do rebaixamento e com vaga na Libertadores garantida, os cariocas cumprem tabela no Brasileiro contra o campeão Cruzeiro, no próximo domingo. No mesmo dia, o Vitória visita o Atlético Mineiro no Independência.

O jogo - Vitória e Flamengo fizeram um confronto movimentado no Barradão, que contou com as presenças de Ivete Sangalo, do presidente da CBF, José Maria Marin, e um dos seus vices, Marco Pollo Del Nerto, nos camarotes do estádio.

Ainda sonhando com uma vaga no G4 e a classificação para a Libertadores, o Vitória teve pela frente um time praticamente de reservas do atual campeão da Copa do Brasil. Do grupo que disputou a final da última quarta-feira contra o Atlético-PR, apenas os zagueiros Wallace e Samir, os volantes Amaral e Luiz Antônio, e o atacante Hernane, estavam em campo.

O Flamengo começou assustando com uma conclusão de Adryan no primeiro minuto de jogo, que Wilson defendeu em dois tempos. No minuto seguinte, Paulo Victor fez grande defesa num cruzamento de Marquinhos. O jogo era lá e cá.

Aos nove, Dinei é derrubado na área pelo goleiro do Flamengo e o árbitro marca o pênalti. O mesmo Dinei cobra, mas Paulo Victor faz nova grande defesa e salva o rubro-negro carioca.

Os baianos voltaram a levantar a torcida aos 26, quando Marquinhos acertou uma bomba que desviou na zaga e bateu no travessão.

Aos 29 foi a vez do Fla chegar com perigo num chute de Luiz Antônio que quase achou o fundo das redes após desviar na zaga.

O Vitória abriu o placar aos 43. Renato Cajá faz dá grande passe para Marquinhos cruzar na medida para Dinei tocar para o gol.

Mas a vantagem durou pouco. Aos 45, Wallace aproveitou uma bola na área após a cobrança de um escanteio e fuzilou o gol dos baianos, deixando tudo igual antes do intervalo.

O segundo tempo em Salvador continuou no mesmo ritmo acelerado da primeira etapa. Logo aos 2, Ayrton levantou na área e Max Biancucchi acertou de primeira para colocar o Vitória mais uma vez na frente no placar.

Os baianos tentavam pressionar e quase ampliaram aos 5. Marquinhos carimbou a trave e Max cabeceou para fora no rebote, com Paulo Victor batido no lance.

Mas o Fla não estava morto e chegou ao empate aos 14. Hernane Brocador aproveitou cruzamento de Nixon, que havia entrado na vaga de Gabriel e fez grande jogada, e decretou a igualdade em 2 a 2.

O Vitória não desistiu dos três pontos em casa e após grande jogada do lateral Juan, ex-jogador do Fla, o artilheiro Dinei fez o seu segundo no jogo e o terceiro dos baianos: 3 a 2.

O Flamengo não se abateu com o gol e aos 22 quase conseguiu o empate num lance de Hernane que Wilson defendeu com os pés. Dois minutos depois, Nixon chutou forte e o zagueiro kadu se jogou na bola para salvar o gol.

Aos 31, o Fla segue buscando o empate e leva perigo na cabeçada de Nixon para fora.

A busca pelo empate abriu espaços na retaguarda, e o Vitória se aproveitou aos 34 para ampliar e dar números finais ao espetáculo. Tabela de Dinei e Marquinhos e o último concluiu para fazer o quarto gol dos baianos.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
publicidade