2 eventos ao vivo

Aos 34, Walewska revela sensação de novidade em retorno à Seleção

13 nov 2013
15h50

A vitória da Seleção Brasileira feminina de vôlei sobre a Tailândia pela Copa dos Campeões, na madrugada desta quarta-feira, marcou o retorno da central Walewska à equipe nacional. A jogadora não defendia o País desde os Jogos Olímpicos de Pequim-2008 e voltou ao time a pedido do técnico José Roberto Guimarães.

"Foi muito bacana. No início me senti fora do jogo, mas depois estava tudo normal. Passei muito tempo sem vestir essa camisa e hoje pareceu uma novidade. Estar sentindo essa emoção nova com 34 anos é legal. Sinto que as meninas estão contentes por eu estar aqui e isso me faz feliz", afirmou Walewska.

A central entrou na equipe no lugar da capitã Fabiana, poupada por José Roberto Guimarães após a vitória sobre os Estados Unidos, e foi um dos destaques do time, com dez pontos. Adenízia e Natália, com 14 pontos, foram as melhores no ataque da Seleção, que teve o bloqueio como principal arma.

"Tentei durante alguns anos essa volta da Walewska. É uma jogadora que ainda tem muito a oferecer para a Seleção. Apesar da idade, ela sempre se cuidou. Ela é uma grande atleta e está jogando de igual para igual com qualquer jogadora no mundo. Foi importante ela ter vindo e mostrado para essa juventude o significado de vestir a camisa da Seleção", analisou Zé Roberto.

Com seis pontos conquistados em duas partidas, a Seleção Brasileira lidera a Copa dos Campeões e volta à quadra nesta sexta-feira para enfrentar a Rússia, que na competição derrotou a República Dominicana e caiu para o Japão.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

publicidade
publicidade