6 eventos ao vivo

Após etapas do Brasileiro, Seleção de vôlei de praia disputará etapa do Circuito Mundial

24 set 2013
10h37

Após o encerramento da segunda etapa do Circuito Banco do Brasil de vôlei de praia, os atletas da Seleção Brasileira da modalidade vão se dirigir para Saquarema (RJ). Isso porque entre 8 e 13 de outubro será realizada a última etapa do Circuito Mundial, em São Paulo (SP).

Por conta da competição internacional, algumas duplas que disputaram as primeiras etapas do Circuito Brasileiro, em Recife (PE) e Vitória (ES), precisarão se separar para treinarem com as parceiras de Seleção Brasileira.

O troca-troca ocorre em maior número no feminino. Ágatha, parceira de Bárbara Seixas no circuito nacional, voltará a treinar com Maria Elisa, que foi vice-campeã em Vitória com Juliana. Já Lili, campeã em Vitória com Rebecca, reativa a parceria com Bárbara. Já as irmãs Maria Clara e Carol e a dupla Taiana/Talita seguem juntas na equipe nacional.

- Elas (jogadoras que precisam trocar de parceiras) devem estar se sentindo prejudicadas, é natural, eu me sentiria assim se acontecesse comigo. Mas estamos esperando para ver se o resultado (do sistema) vai ser positivo - explicou Carol, antes de disputar a etapa de Vitória.

Já no masculino, a grande mudança é na dupla Ricardo/Márcio, que foi vice-campeã da etapa de Recife. Ricardo voltará a jogar com Álvaro Filho em São Paulo, enquanto o canhoto Márcio fica fora da disputa, já que não faz parte da Seleção atualmente.

- Para o Ricardo não vai fazer muita diferença, já que ele vai manter o ritmo disputando o torneio. Mas para mim vai ser um pouco pior, já que posso perder um pouco o ritmo - explicou Márcio, que voltará a jogar com Ricardo na terceira etapa do Circuito Brasileiro, que será entre 18 e 20 de outubro, no Rio de Janeiro.

A etapa de São Paulo será o último Grand Slam (torneio que distribui o maior número de pontos, 800, para o ranking) do Circuito Mundial. O Brasil lidera o ranking feminino com Taiana/Talita, que soma 6.090 pontos, enquanto a dupla alemã Semmler/Holtwick está em segundo, com 5.434.

Já no masculino, o Brasil busca retomar a ponta em São Paulo. Bruno Schmidt e Pedro Solberg, que lideraram boa parte do circuito, ocupam a vice-liderança, com 5.540 pontos. Os líderes são os letões Aleksandrs Samoilovs e Janis Smedins, que somam 5.950.

Fonte: Lancepress! Lancepress!
publicidade