1 evento ao vivo

Brasil começa fase de grupos com quatro vitórias e uma derrota

22 jul 2015
10h41
  • separator
  • 0
  • comentários

O vôlei de praia brasileiro começou a fase de grupos do Grand Slam de Yokohama, no Japão, com saldo mais do que positivo. Foram quatro vitórias e apenas uma derrota na madrugada desta quarta-feira, sendo tal revés resultado de um confronto entre duplas do País. As irmãs Maria Clara e Carol venceram Juliana e Maria Elisa, enquanto Ágatha/Bárbara Seixas, Fernanda Berti/Taiana e Larissa/Talita também estrearam com o pé direito e já assumiram a liderança de suas respectivas chaves.

A primeira e equilibrada partida do dia estava reservada para um duelo caseiro, que acabou com vitória de Maria Clara e Carol sobre Juliana/Maria Elisa, por 2 sets a 1, com parciais de 24/22, 18/21 e 15/12, após 1h04 de jogo. Com o triunfo, as cariocas figuram na segunda posição do Grupo C, atrás das gregas Arvaniti e Tsiartsiani pelos critérios de desempate. Juliana e Maria Elisa aparecem no terceiro lugar, mas ainda têm chances de classificação.

Simultaneamente, Larissa e Talita bateram japonesas Hasegawa e Nagata em sets diretos, com duplo 21/13, em apenas 31 minutos de partida. "Sem dúvida a pausa que fizemos no Brasil foi proveitosa. Passamos cinco dias lá, comemos muito arroz e feijão e viemos para o campeonato com energia de sobra, em busca de mais um excelente resultado", comentou Larissa, que ao lado de companheira venceu a última etapa do Circuito Mundial, em Gstaad, na Suíça.

Fernanda Berti e Taiana também não sofreram para derrotar as russas Prokopeva e Syrtseva, por 2 sets a 0, repetindo as parciais de Larissa e Talita (21/13 e 21/13). Com o resultado, as atuais vice-campeãs mundiais somaram seus dois primeiros pontos e lideram o Grupo D.

Por fim, nova vitória brasileira sobre um conjunto japonês. As campeãs mundiais Ágatha e Bárbara Seixas arrasaram Tanaka e Kusano por 2 sets a 0, com 21/13 e 21/8, em 29 minutos de confronto.

"Diferentemente de outras duplas brasileiras que voltaram ao Brasil, preferimos permanecer na Europa para não sentir tanto o fuso horário japonês. Acredito que a estratégia funcionou, já que nos sentimos bem e conseguimos uma boa vitória nesta estreia", explicou Ágatha.

As cinco duplas brasileiras voltam à quadra na madrugada desta quinta-feira para a disputa de mais uma rodada da fase de grupos, que será encerrada na sexta-feira, dia 24, mesma data em que a etapa eliminatória se inicia. O Brasil é o País com o maior número de representantes no torneio feminino do Grand Slam de Yokohama, válido pelo Circuito Mundial e que conta pontos para a corrida olímpica brasileira.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade