publicidade
09 de dezembro de 2012 • 10h04 • atualizado às 13h06

Em despedida de parceria, Juliana/Larissa é bronze no Rio

No último jogo de uma parceria vitoriosa, Juliana e Larissa venceram Karin e Shayli 
Foto: Mauricio Kaye/CBV / Divulgação
 

Chegou ao fim neste domingo uma das principais parcerias do vôlei de praia brasileiro. Fora da luta pelo título da etapa do Rio de Janeiro do Circuito Brasileiro, Juliana e Larissa fizeram a sua última partida juntas na luta pelo bronze da competição. Confrontando Karin e Shayli, as medalhistas olímpicas levaram a melhor no tie-break e deixaram as areias de Copacabana com vitória, com parciais de 21/15, 16/21 e 15/12.

» Sheilla ou Jaqueline? Vote na mais bela jogadora da Superliga

Após darem indícios com a vitória no primeiro set de que garantiriam o bronze de maneira tranquila em sua despedida, Juliana e Larissa viram Karin e Shayli crescerem na segunda parcial e conseguirem o empate. Melhor desde o início do tie-break, porém, a dupla voltou a se impor para fechar o set desempate em 15/12 com ponto da agora aposentada Larissa.

"Missão cumprida. A gente merecia isso depois de tudo que a gente fez. Foi uma história de muita luta, muitas disputas, muitos títulos e muitos torneios. É uma vitória com gostinho especial, gostinho de despedida. Eu sabia que esse momento iria chegar, queria ser forte e consegui", exaltou Larissa à TV Globo, emocionada ao final da partida.

Em nove anos atuando juntas, Juliana e Larissa foram sete vezes campeãs do Circuito Mundial, no qual atualmente lideram o ranking feminino. Além disso, a dupla garantiu o pentacampeonato nacional, dois Pan-Americanos, um Mundial e a medalha de bronze nos Jogos Olímpicos de Londres 2012. Ao todo, foram mais de 100 títulos e 1000 vitórias conquistados.

Seguindo no circuito sem a principal parceira de sua carreira, Juliana analisou os nove anos que passou junto de Larissa e revelou os seus planos para a próxima temporada.

"Vou ter saudades da grande parceira que ela foi. Foi uma parceria muito boa, muito vitoriosa. Agora quero descansar um pouco, preciso recarregar as baterias para um novo desafio depois de dez anos, junto da Maria Elisa. Valeu a pena, mas acabou", exaltou.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva