0

Ex-Banespa anuncia fim das atividades no vôlei

26 abr 2010
16h58
atualizado às 22h57

O Brasil Vôlei Clube, antigo Banespa, encerrou as suas atividades no vôlei masculino. O anúncio do fim do time de 25 anos de história no esporte e que revelou diversos campeões olímpicos - entre eles Gustavo, Ricardinho, Rodrigão, Tande, Marcelo Negrão e Giovane - foi resumido em um comunicado de três linhas.

O Brasil Vôlei Clube ficará inativo até que um novo investidor seja encontrado. Os jogadores das categorias juvenil e adulto do time que passou a defender a cidade de São Bernardo desde 2003 terão agora de buscar uma nova equipe. Entre os dispensados estão os selecionáveis Serginho (líbero) e Marlos (levantador).

No último ano com seu patrocínio principal - o Santander, banco espanhol que comprou o Banespa em 2000, decidiu direcionar seus investimentos na Fórmula 1 e no futebol -, o Brasil Vôlei chegou à fase final da Superliga, sendo derrotado pelo Montes Claros, um dos finalistas desta edição. A última partida do Brasil Vôlei foi no dia 13 de abril na derrota por 3 sets a 2 para o Montes Claros nas quartas de final da competição.

Confira a seguir a íntegra do comunicado do fim das atividades do Brasil Vôlei Clube

O Brasil Vôlei Clube, através do seu presidente, José Montanaro Jr., comunica que estará inativo enquanto não encontrar um novo investidor. Os atletas das categorias juvenil e adulto foram dispensados e estão liberados para negociações com outros clubes.

Os selecionáveis Marlon (direita) e Serginho (centro) terão de procurar um novo clube para jogar após o fim do Brasil Vôlei Clube
Os selecionáveis Marlon (direita) e Serginho (centro) terão de procurar um novo clube para jogar após o fim do Brasil Vôlei Clube
Foto: Alexandre Arruda / CBV / Divulgação
Fonte: Terra

compartilhe

publicidade
publicidade