0

Brasil vence Porto Rico e segue na luta por classificação no Grand Prix

23 jun 2012
09h56
atualizado às 11h24

A Seleção Brasileira de vôlei feminino venceu sua segunda partida na China, neste sábado, contra Porto Rico. Com uma facilidade que ainda não havia encontrado no Grand Prix, o Brasil fechou seu primeiro jogo em 3 a 0 e chegou a 16 pontos e manteve-se na zona de classificação para a próxima fase, um ponto a frente da Alemanha.

» Brigas e dramas: relembre grandes momentos olímpicos
» Escolha a atleta mais bela dos Jogos Olímpicos de Londres 2012

Com a vitória da Alemanha sobre a Coreia, por 3 a 0, o Brasil precisava vencer por diferença de dois sets para chegar ao quinto lugar, deixando também a seleção de Cuba para trás, e continuar lutando pela vaga para a próxima dase da competição.

A Seleção começou bem a partida contra Porto Rico, vencendo os dois primeiros sets por 25/17 e 25/11. Na última parcial, as adversárias surpreenderam e dificultaram a vitória brasileira, que veio apenas no fim, por 25/19. Sheilla foi a maior pontuadora da partida, com nove pontos, ao lado da porto-riquenha Daly.

Neste domingo, às 8h30 (de Brasília), a Seleção enfrenta a China, segunda colocada e anfitriã da etapa deste fim de semana, novamente na cidade de Luohe, local da partida deste sábado. Como será o último confronto da etapa, o Brasil poderá entrar em quadra com a classificação garantida, em caso de derrotas de dois adversários entre Cuba, que enfrenta Porto Rico, Alemanha, que enfrenta a terceira colocada Turquia, e Polônia, que joga contra a já eliminada Itália. Para se classificar, independente dos demais resultados, o Brasil precisa vencer por qualquer placar.

O jogo

Com Fabiana, Paula Pequeno, Thaísa, Jaqueline, Sheilla e Fabíola, a equipe brasileira começou a partida tranquila, abrindo uma vantagem de três pontos que foi administrada ao longo da primeira metade do set inicial. No segundo tempo técnico, porém, o Brasil já vencia por 16/11, com Fabiana e Thaísa como maiores pontuadoras, cada uma com três pontos, sendo dois de ataque e um de bloqueio de ambas. A diferença no placar só aumentou até Paula Pequeno fechar a parcial em 25/17. Com seis pontos, Thaísa foi a principal jogadora da etapa.

No segundo set, pouca coisa mudou. Com Fabíola bem no saque, o Brasil abriu 3/0 e, após muitos erros das adversárias, chegou ao tempo técnico com confortáveis 8/2. Quando a equipe abriu 20/10, Zé Roberto incluiu Dani Lins e Mari nos lugares de Fabíola e Sheilla e, em seguida, Fernanda Garay no lugar de Paula Pequeno, que, com oito pontos, com a maior pontuadora na segunda parcial, finalizada em 25/12.

Com Adenizia, Fernanda Garay, Sheilla, Fabiana, Jaqueline e Fabíola, o Brasil começou mal o terceiro set, saindo em desvantagem de 8/3 no primeiro tempo técnico, com Porto Rico surpreendendo. No retorno, a situação melhorou, com uma sequência de três pontos brasileiros, diminuindo a diferença para 8/6. Logo em seguida, veio a virada, pelas mãos de Sheilla, que terminou como a maior pontuadora da partida, com nove pontos, fazendo 11/10.

No entanto, as porto-riquenhas voltaram a complicar o jogo e retomaram a liderança no placar, chegando a 16/13. No tempo técnico, Zé Roberto reclamou com suas comandadas, que conseguiram virar o jogo nos saques de Tandara, abrindo vantagem de 21/18. A partir daí, a Seleção administrou a diferença e fechou o placar com erro das adversárias em 25/19.

Londres 2012 no Terra

O Terra, maior empresa de internet da América Latina, transmitirá ao vivo e em alta definição (HD) todas as modalidades dos Jogos Olímpicos de Londres, que serão realizados entre os dias 27 de julho e 12 de agosto de 2012. Com reportagens especiais e acompanhamento do dia a dia dos atletas, a cobertura contará com textos, vídeos, fotos, debates, participação do internauta e repercussão nas redes sociais.

Com sete pontos na partida, Thaísa foi decisiva no primeiro set da vitória brasileira
Com sete pontos na partida, Thaísa foi decisiva no primeiro set da vitória brasileira
Foto: FIVB / Divulgação
Fonte: Terra

compartilhe

publicidade