0

Montes Claros chama vice de vitória após "milagre"

1 mai 2010
13h27
atualizado às 13h31
Felipe Held
Direto de São Paulo

Apesar de ter perdido a final da Superliga de vôlei por 3 a 0 para o Cimed/Florianópolis em apenas uma hora e 30 minutos, neste sábado, o Bonsucesso/Montes Claros encontrou motivos para comemorar. O técnico Talmo de Oliveira exaltou o vice-campeonato histórico para um time que iniciou a competição como mero desconhecido e encontrou forças para operar um "milagre" na campanha de finalista.

"Não tenho dúvida que conseguir fazer uma final para uma cidade tão envolvida no vôlei como foi Montes Claros tem que ser comemorado. É quase um milagre para a nossa cidade. Os jogadores estão de parabéns por tudo que têm feito. Agora vamos curtir o pódio e começar a planejar a próxima temporada", disse Talmo de Oliveira.

Os méritos do time de Florianópolis são incontestáveis. Além de superar o ótimo ponteiro Lorena e seus companheiros, a equipe catarinense não se abalou com a torcida contra no Ginásio do Ibirapuera, em São Paulo. O susto no início do primeiro set, quando o Florianópolis chegou a estar perdendo por 8-4, deu lugar a uma tranquila vitória e, no fim, viria a consagração do tetracampeonato da Superliga.

As principais esperanças do "azarão" Montes Claros recaía sobre o atacante oposto Lorena, que mais se destacou na posição nesta edição do torneio. De anônimo à sensação no vôlei brasileiro, o jogador comemorou a dupla conquista pessoal na carreira. "Foram coisas muitos marcantes: cheguei à final da Superliga e fui pré-selecionado para a Seleção Brasileira", disse.

Vice-campeonato é tido como vitória para Montes Claros, que surpreendeu na temporada
Vice-campeonato é tido como vitória para Montes Claros, que surpreendeu na temporada
Foto: Divulgação
Fonte: Especial para Terra

compartilhe

publicidade