3 eventos ao vivo

No 'caldeirão' Castelinho, Molico encara o Maranhão pela Superliga

9 jan 2014
17h29
atualizado às 20h30

O Molico/Osasco tem pela frente dois obstáculos para tentar manter a invencibilidade na Superliga Feminina. Além de enfrentar o motivado Maranhão/Cemar nesta sexta-feira, às 19h30, no Castelinho, o time de Luizomar de Moura terá de lidar com a pressão do público nordestino, que tem lotado a casa das meninas de Chicão no torneio.

Foi no Castelinho que a competição feminina registrou seu maior público em uma partida nesta temporada. Com capacidade para 5.000 torcedores, o local atingiu sua capacidade máxima na partida em que as maranhenses foram derrotadas pelo Brasília Vôlei, em outubro.

A presença das grandes estrelas do time de Osasco, atual líder isolado com 37 pontos, deve atrair novamente muitos torcedores. Por isso, a cetnral Adenízia já prevê dificuldades.

– A torcida do Maranhão está esperando muito por esse jogo e a expectativa é grande. Não tenho dúvidas de que irão lotar o ginásio e temos que entrar em quadra cientes das dificuldades com relação ao adversário e às condições climáticas, já que lá é muito quente. Sabemos que os rivais sempre dificultam quando jogam contra o Osasco, então não podemos entrar em quadra já pensando que vamos ganhar. É uma equipe muito perigosa e com jogadoras conhecidas e com potencial para ganhar de qualquer adversário. Para não ter surpresa temos que entrar bem focadas e concentradas – disse.

Embora amargue a lanterna da Superliga, o Maranhão vem dificultando a vidas dos adversários. Na última rodada, fez jogo dura na derrota para o Banana Boat/Praia Clube e bateu o estrelado Sesi antes da parada para as festas de fim de ano.

– O time vai muito focado para São Luis e respeitando os últimos resultados do time do Maranhão. Não estamos olhando a classificação, mas o que o Maranhão tem feito nas últimas rodadas. É uma equipe que tem potencial, está crescendo na competição e tem demonstrado isso em quadra – disse Luizomar.

Fonte: Lancepress! Lancepress!
publicidade