1 evento ao vivo

Quatro duplas brasileiras estreiam com vitória no Grand Slam de São Paulo

9 out 2013
20h18
atualizado às 20h28
  • separator
  • 0
  • comentários

O saldo do Brasil foi positivo nesse primeiro dia de disputas da chave masculina do Grand Slam de São Paulo do Circuito Mundial de vôlei de praia. Nesta quarta, quatro das cinco parcerias locais que entraram em quadra saíram com a vitória.

Vice-líderes do ranking mundial, Bruno Schmidt e Pedro Solberg não decepcionaram e bateram os franceses Andy Cès e Rowlandson por 21/13 e 21/15. "Nosso grande objetivo no ano é terminar com o título do Circuito Mundial. Sabemos que não será fácil, estamos 410 pontos atrás da dupla da Letônia. Mas jogamos em casa, com a torcida do nosso lado, e isso faz diferença. Espero que a gente possa usar isso para vencer aqui", analisa Pedro.

No Grupo A, Ricardo e Álvaro Filho contornaram um início de jogo complicado e venceram os tchecos Kubala e Dumek por 2 a 0, em parciais de 21/17 e 21/10. "Ainda não tínhamos jogado contra os dois juntos, foi uma novidade. Por isso, demora um pouco a adaptação ao sistema de jogo, para pegar o tempo de bola... Até encontrarmos o melhor saque, que passou a incomodá-los, o que nos deu uma tranquilidade. A primeira partida é sempre mais truncada, a expectativa é maior, mas soubemos controlar bem", diz Ricardo.

Pelo Grupo E, Thiago e Oscar desbancaram os espanhóis com virada por 17/21, 21/13 e 21/15, uma vitória para marcar a estreia de Oscar na fase principal de um Grand Slam. "Comecei ansioso no primeiro set. Era impressionante o domínio deles no início, pegando tudo. Mas entrei no jogo no segundo, com bons golpes e sacando melhor. O Thiago me ajudou bastante, no levantamento e no bloqueio. Vamos buscar sair da chave em primeiro, mas sabemos das dificuldades que ainda teremos pela frente. Estou muito feliz com o resultado e, agora, temos que focar no próximo passo", avalia o novato.

Enquanto isso, os medalhistas olímpicos Alison e Emanuel precisaram de apenas dois sets para passarem pelos canadenses Hatch e Redmann, em parciais de 21/18 e 21/12. "É gostoso e gratificante ganhar no Brasil. A areia está gostosa, branquinha, e lembra muito a dos Jogos Olímpicos de Londres. E nosso time joga muito bem em areia fofa. Em relação à partida, chegamos a perder a vantagem no primeiro set e a ficar atrás no placar. Mas somos muito fortes psicologicamente e adquirimos a experiência de sair de momentos ruins. Buscamos e vencemos bem", relata o Mamute.

Única dupla do país que não jogou na quadra principal, Evandro e Vitor Felipe vacilaram após terem cinco pontos de vantagem no primeiro set e acabaram derrotados pelos chilenos Esteban e Marco Grimalt, em parciais de 21/17 e 21/12. "A gente esperava vencer na estreia, até porque a gente vive um bom momento, vindo de um título no Circuito Banco do Brasil. Mas um tropeço acontece com qualquer dupla. Vamos rever o que fizemos de errado para acertar para as próximas partidas. Temos que usar isso como uma lição. Teremos dois jogos bons na chave e ainda podemos passar em primeiro", analisa Vitor Felipe.

Na fase de grupos, o líder de cada uma das oito chaves se classifica automaticamente para as oitavas de final. O segundo e terceiro colocados disputam a repescagem para tentarem uma vaga. Nesta quinta, as duplas brasileiras disputam os dois jogos restantes pela primeira fase.

Confira a programação das duplas brasileiras no Grand Slam de São Paulo nesta quinta-feira:

Ricardo/Álvaro Filho - Grupo A
08h00 - Böckermann/Urbatzka (ALE)
14h40 - Dollinger/Flüggen (ALE)

Bruno Schmidt/Pedro Solberg - Grupo B
08h50 - Dalhausser/Jennings (EUA)
15h30 - Petutschnig/Horst (AUT)

Thiago/Oscar - Grupo E
09h40 - Semenov/Koshkarev (RUS)
16h20 - Virgen/Ontiveros (MEX)

Alison/Emanuel - Grupo G
10:h00 - Stiekema/Varenhorst (HOL)
17h10 - Fijalek/Prudel (POL)

Evandro/Vitor Felipe - Grupo H
10h30 - Chevallier/Prawdzic (SUI)
18h00 - Erdmann/Matysik (ALE)

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade