0

Recurso eletrônico é usado pela 1ª vez em partida do Osasco

14 out 2012
16h28
atualizado em 22/10/2012 às 19h09

O jogo entre Sollys/Nestlé/Osasco e Bohai Bank entrou para a história do vôlei mundial. Pela primeira vez na modalidade, o recurso eletrônico foi utilizado para saber se uma marcação do árbitro de linha foi certa ou não. Faltando um ponto para fechar o confronto, Fernanda Garay atacou uma bola pela diagonal que gerou dúvida no time de Osasco. Mesmo sabendo que o ponto era do clube chinês, Luizomar de Moura fez questão de pedir o desafio para testá-lo.

A chave feminina do Circuito Brasileiro de vôlei de praia começa a ter a sua definição. Neste domingo, Juliana e Larissa voltaram a vencer Ágatha e Bárbara Seixas, na decisão da etapa de Belo Horizonte, e seguem invictas na competição nacional
A chave feminina do Circuito Brasileiro de vôlei de praia começa a ter a sua definição. Neste domingo, Juliana e Larissa voltaram a vencer Ágatha e Bárbara Seixas, na decisão da etapa de Belo Horizonte, e seguem invictas na competição nacional
Foto: CBV / Divulgação

"Mesmo sabendo que a bola foi fora fiz questão de testar pela situação inusitada, pois nos lembramos de um passado recente com a Fernanda Garay atacando essa bola na diagonal em Londres e, se esse sistema já existisse, talvez o Brasil não tivesse passado pelo sufoco que passou no quinto set do jogo contra a Rússia", disse o treinador.

O equipamento só poderá ser solicitado pelo capitão de cada time e utilizado em cinco ocasiões: bola dentro ou fora; toque na rede; se achar que o rival pisou na linha de saque; se achar que o adversário pisou na linha de ataque; e em uma eventual infração do líbero ao efetuar o levantamento dentro da zona dos três metros.

Fonte: Lancepress!
publicidade