0

Sem estrelas, Pinheiros exalta grupo após título paulista

7 dez 2009
21h19
atualizado em 8/12/2009 às 00h14

Mesmo sem grandes estrelas individuais, o Pinheiros/Mackenzie sagrou-se campeão paulista feminino de vôlei ao derrotar o Sollys/Osasco, equipe que conta com quatro campeãs olímpicas. Para as donas do primeiro lugar no Estadual, o empenho do grupo compensou a falta de estrelas no elenco.

» Pinheiros acaba com hegemonia do Osasco e é campeão paulista
» Pinheiros bate Osasco e força terceiro jogo na final
» Osasco vira sobre Pinheiros no primeiro jogo da final

"Ninguém acreditava na gente, só a gente mesmo. Por isso que eu estou chorando de alegria. Todo mundo tem mérito nessa conquista. Cada menina que entrou, cada membro da comissão técnica, todo mundo. Esse título é nosso", comemorou a ponta Fernanda Garay, um dos destaques do Pinheiros ao longo da competição.

O discurso foi reforçado pelo técnico Paulo Coco, que também atribuiu a vitória à aplicação tática de suas jogadoras. "A gente não tem estrelas, mas o time a todo momento teve a consciência de que trabalhando bem, pode fazer frente a qualquer equipe do Brasil", celebrou o treinador.

Entre as jogadoras mais animadas com a conquista estava a ponta Cibele, que voltou ao vôlei brasileiro após passar as últimas temporadas atuando na Europa. "Fiquei alguns anos fora, faz dois meses que estou aqui e contribuir para esse grupo é maravilhoso", celebrou a jogadora, que atuou bem na partida desta segunda-feira.

Pelo lado derrotado, o descontentamento era visível ainda mais pela perda da hegemonia no Campeonato Paulista que já durava oito temporadas. "Parabéns para a equipe do Pinheiros que jogou muito bem e veio com a faca entre os dentes, talvez pela oportunidade de pegar nosso time desentrosado", disse o treinador Luizomar de Moura, antes de destacar os pontos negativos de sua equipe.

"Os erros no final dos sets em uma decisão foram fatais. Chegamos a abrir uma vantagem boa, mas não conseguimos fechar. Agora temos que nos preparar para a Superliga e tentar melhorar isso", complementou o técnico de Osasco.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

publicidade