0

Bernardinho descarta reatar com Zé Roberto via imprensa

24 set 2012
17h15
atualizado às 17h53

As declarações públicas de José Roberto Guimarães querendo se reaproximar de Bernardinho ainda não comoveram o treinador da Seleção Brasileira masculina de vôlei. Apesar do discurso do companheiro de profissão, o técnico carioca disse que não foi procurado pelo desafeto para reatar a relação estremecida há quase uma década.

Para Bernardinho, a reconciliação com Zé Roberto tem de ser feita pessoalmente
Para Bernardinho, a reconciliação com Zé Roberto tem de ser feita pessoalmente
Foto: Mauro Pimentel / Terra

Os maiores treinadores do vôlei nacional estão brigados desde os Jogos Olímpicos de Atenas 2004, mas Zé Roberto declarou repetidamente após a Olimpíada de Londres 2012 que gostaria da reconciliação para o crescimento da modalidade no País.

"Eu prefiro não falar sobre isso. Se ele reviu sua posição e quer falar alguma coisa, teria que vir conversar comigo. Não com vocês (jornalistas)", disse Bernardinho durante a apresentação do elenco da Unilever para a temporada 2012/2013 da Superliga feminina, nesta segunda-feira.

Na competição nacional, os dois treinadores voltarão a se enfrentar após longo período, já que o carioca continua comandando a equipe de sua cidade e Zé Roberto Guimarães assumiu o recém-criado Vôlei Amil, time com sede em Campinas e que promete ser uma das novas forças do cenário brasileiro.

"Não será problema nenhum jogar contra ele. É um grande treinador, não dá para dizer o contrário, e dirigirá uma grande equipe", salientou Bernardinho, que promoveu uma reformulação no elenco da Unilever para esta temporada. Depois das saídas de Sheilla e Mari, o treinador apostou na contratação das estrangeiras Logan Tom e Sarah Pavan para reforçar seu time.

Na temporada passada da Superliga, a Unilever chegou à decisão da competição nacional pela oitava vez consecutiva, mas caiu diante do Sollys/Nestlé, novo time de Sheilla.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
publicidade