0

Valeskinha e Juciely são trunfos da Unilever para semifinal

6 mar 2013
18h22
atualizado às 18h51
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O primeiro jogo da série melhor de três da semifinal ada Superliga Feminina começa nesta sexta-feira com o duelo entre Unilever e Sesi-SP, às 21 horas, em São Paulo. Para o confronto, a equipe carioca aposta em Valeskinha e Juciely, as duas maiores bloqueadoras da história da competição, com 752 e 713 pontos de bloqueio, respectivamente.

As recordistas são consideradas baixas para as posições que assumem, mas compensam com a  a experiência para jogar de igual para igual com as outras jogadoras. "Velocidade e técnica também são pontos importantes para compensar esse déficit. Um bom bloqueio pode ajudar muito. Mesmo que a gente não faça o ponto, só o fato de amortecer para a defesa conta muito", afirmou Juciey, que tem 1,84 m.

Valeskinha, ainda mais baixa, com 1,80 m, aponta como faz para poder ter eficiência no bloqueio e já mostra o foco na partida. "Procuro sempre seguir as instruções da Comissão Técnica, que estão baseadas em estudos e na análise de vídeos. O desafio da vez é conseguir parar a força de ataque do time do Sesi".

 

A atleta de 36 anos e que acumula três títulos na competição ao lado do técnico Bernardinho, além de um ouro nos Jogos Olímpicos de 2008, completa afirmado quais são as características que compensam a baixa estatura. "Tem a leitura do jogo, a concentração, a vontade e outros fatores importantes, principalmente em uma fase decisiva de campeonato".

Ainda segundo Valeskinha, o convívio com o treinador vencedor contribuiu muito para que ela se tornasse uma das melhoras no fundamento. "Ele exige total concentração e que eu tenha uma boa leitura do ataque adversário. Com o tempo, a jogadora adquire essa maturidade na leitura da partida e isso facilita muito", concluiu.

Pela primeira fase da competição, Unilever e Sesi-SP se enfrentaram duas vezes. No primeiro confronto, a equipe carioca jogou em casa e venceu por 3 a 0. No jogo de volta, mais um triunfo, dessa vez por 3 a 2.

Veja também:

Os maiores artilheiros estrangeiros da história do Vasco
Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade