1 evento ao vivo

Emocionado, William lembra pai e exalta "craques" do Cruzeiro

22 abr 2012
12h15

Allan Farina
Direto de São Bernardo do Campo

Em uma Superliga masculina que contou com nomes como Ricardinho, Marlon e Bruninho, William se destacou e foi escolhido o melhor levantador. Coração do time do Sada/Cruzeiro campeão desta edição do campeonato, ele ainda foi eleito o destaque da final disputada no sábado em São Bernardo do Campo contra o Vôlei Futuro, que terminou em vitória por 3 sets a 1 (parciais de 24/26, 25/18, 25/13 e 25/19).

» Vote na mais bela jogadora da Superliga feminina

Depois da partida, William estava emocionado e lembrou-se do pai, que morreu em acidente com o Fokker 100 da TAM em 1996. "Tenho certeza de que ele está muito orgulhoso", afirmou. "Eu tenho sorte que durante a minha vida fui contemplado com amizades bacanas, pessoas decentes e um pai honesto que me ensinou a ser honesto. É importante na vida ser honesto", disse o levantador.

William pediu reconhecimento ao time do Sada/Cruzeiro, que chegou ao título sem estrelas ou um elenco recheado de jogadores da Seleção Brasileira. Para o levantador, o grupo mineiro é composto por craques sem a mesma visibilidade.

"Ninguém ganha nada sozinho. Não é no vôlei, é na vida mesmo. As pessoas precisam de alguém do lado para ajudar. Nossa equipe se ajudou o tempo inteiro. É demais jogar ao lado desses caras. Às vezes não têm tanta visibilidade, mas são craques. Todos os dias se doam ao máximo nos treinamentos, coisa que muita gente não vê. A trajetória é longa e difícil. Estou feliz por todos eles", comentou.

"Foi demais. Lutamos muito. Fizemos um trabalho sério, a diretoria é honesta. Quando você trabalha bem, pode demorar um pouco, mas o resultado sempre aparece", afirmou o melhor levantador da Superliga masculina 2011/12.

William foi um dos destaques da final da Superliga masculina
William foi um dos destaques da final da Superliga masculina
Foto: Bruno Santos / Terra
Fonte: Terra

compartilhe

publicidade
publicidade