0

Osasco atropela Pinheiros e mantém invencibilidade na Superliga

12 fev 2014
21h12
atualizado às 21h30
  • separator
  • 0
  • comentários

Apenas três dias após perder, em casa, o título sul-americano de clubes para o Sesi, o Molico/Osasco voltou a entrar em quadra, agora pela Superliga Feminina, diante do Pinheiros, fora de casa. Sem se abalar com o resultado da competição continental, a equipe do técnico Luizomar de Moura venceu por 3 sets a 0, com parciais de 24/22, 21/16 e 21/5.

Jogadoras do Osasco comemoram mais um triunfo
Jogadoras do Osasco comemoram mais um triunfo
Foto: João Pires/Fotojump / Divulgação

A melhor jogadora da partida, eleita pela organização, foi a levantadora da equipe de Osasco, Fabíola. Thaísa foi a maior pontuadora do jogo, com 16, sendo cinco de bloqueio. Andréia foi o destaque do ataque do Pinheiros, com nove tentos.

O duelo começou muito equilibrado e o Pinheiros esteve perto de fechar o primeiro set, quando tinha 19 a 17 no placar, mas permitiu a reação e viu as visitantes virarem e fecharem a parcial em 24/22.

Com Thaísa inspirada e Sanja fazendo pontos decisivos, o Osasco aproveitou a crescente do fim do primeiro set e se impôs, derrotando as paulistanas por 21/16 na segunda parcial.

O que aconteceu no terceiro set foi estranho para um jogo de Superliga. Irreconhecível, o Pinheiros teve muitas dificuldades de segurar os ataques adversários e não conseguia pôr a bola no chão, parando no forte bloqueio, liderado por Caterina, Adenízia e Thaísa. Assim, o Osasco fechou com um incrível 21/5, sacramentando sua vitória.

Com mais três pontos na conta, o Osasco pula para 55, seis a mais que o vice-líder Vôlei Amil. Já o Pinheiros, com 31 pontos, é o sétimo colocado.

Na próxima rodada, a equipe da capital paulista tem duelo complicado contra o Unilever, no Rio de Janeiro. Já o Osasco recebe o Praia Clube, em busca da 20ª vitória.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade