1 evento ao vivo

Temendo punição por confusão, Sada Cruzeiro opta pela lei do silêncio

27 fev 2014
16h39

A vitória do Sada Cruzeiro sobre o RJ Vôlei por 3 sets a 0 na quarta-feira foi manchada por uma confusão no fim da partida válida pela Superliga masculina. A briga entre os líberos Serginho, do time mineiro, e Mário Júnior, da equipe carioca, chamou a atenção dos torcedores presentes no ginásio do Tijuca, no Rio de Janeiro. O atleta celeste teve que ser contido por seu técnico, o argentino Marcelo Méndez, que acabou imobilizando seu comandado com um mata-leão.

A reportagem da Gazeta Esportiva.Net tentou contato com Serginho e Marcelo Méndez nesta quinta-feira, mas a assessoria do Sada Cruzeiro não liberou os profissionais para comentar o assunto. A equipe mineira quer evitar o tema, temendo uma futura punição do Stjd (Superior Tribunal de Justiça Desportiva).

Das poucas informações divulgadas, sabe-se que o líbero Serginho está muito chateado com toda a confusão, já que seus familiares assistiam à partida no momento da briga com Mário Júnior.

A vitória sobre o RJ Vôlei definiu a primeira colocação geral da Superliga para o Sada Cruzeiro. O time carioca ficou na quinta posição e está na fase final do campeonato.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
publicidade