0

Zé Roberto Guimarães reencontra campeãs olímpicas na final do Paulista

30 out 2012
19h26
atualizado às 20h34

O técnico do Amil/Campinas, José Roberto Guimarães, reencontrará a base de sua seleção campeã olímpica em Londres. No entanto, a maioria dessas estrelas estarão do outro lado da quadra, defendendo o Sollys/Osasco, na final do Campeonato Paulista de Vôlei Feminino. O primeiro confronto está marcado para este domingo, às 21h, na Arena Amil.

» Sheilla ou Jaqueline? Vote na mais bela jogadora da Superliga

Se não bastasse as presenças de Jaqueline, Sheilla, Adenizia, Fernanda Garay e Fabíola no time, o Sollys/Nestlé ainda é o atual campeão mundial de clubes, conquistado neste mês, em Doha, no Qatar, e também defende uma invencibilidade de 37 partidas sem derrotas.

A equipe campineira também têm suas estrelas medalhistas olímpicas: a central Walewska, campeã em 2008, e a levantadora Fernandinha, campeã em 2012. Recém-criada, a equipe caçula da competição já chega às finais em seu primeiro campeonato.

Apesar de conhecer as adversárias e ter treinado muito tempo as jogadoras, o treinador não considera uma vantagem e crê em um duelo muito difícil. "É complicado. As jogadoras ficaram muito tempo com a gente. No ciclo olímpico foram até seis meses por ano. Durante esse período, a gente procurava exatamente fazer com que elas não tivessem pontos vulneráveis, corrigissem algumas falhas. É muito difícil agora. A gente estuda, mas a situação é complicada. Para mim, que estou do outro lado, não é simples jogar contra elas. E não digo isso pelo lado afetivo, emocional, mas sim pela parte técnica", declarou o treinador.

Nas duas partidas da primeira fase do Paulista, o Sollys/Osasco venceu ambas: 3 sets a 1, em Campinas, e 3 sets a 0, em Osasco.

As brasileiras Ágatha e Bárbara Seixas não conseguiram superar Ukolova e Khomyakova, da Rússia, nas semifinais e vão brigar pelo bronze da etapa de Bangkok, na Tailândia,  do Circuito Mundial
As brasileiras Ágatha e Bárbara Seixas não conseguiram superar Ukolova e Khomyakova, da Rússia, nas semifinais e vão brigar pelo bronze da etapa de Bangkok, na Tailândia, do Circuito Mundial
Foto: FIVB / Divulgação
Fonte: Lancepress!

compartilhe

publicidade