9 eventos ao vivo
MMA

Werdum pretende enfrentar Velásquez em reality show no México

3 jun 2013
16h32
atualizado às 19h16
  • separator
  • 0
  • comentários

Fabrício Werdum ficou animado com a primeira experiência como técnico no reality show The Ultimate Fighter (TUF). Pronto para enfrentar Rodrigo Minotauro no sábado, em Fortaleza, no evento que encerrará a segunda edição brasileira do programa de televisão, o gaúcho já começou a projetar uma participação internacional na atração promovida pelo Ultimate Fighting Championship (UFC).

<p>Equipe de Werdum perdeu disputa para equipe de Minotauro, mas ele quer ser treinador de novo</p>
Equipe de Werdum perdeu disputa para equipe de Minotauro, mas ele quer ser treinador de novo
Foto: Getty Images

"Com certeza, pretendo ser técnico do programa novamente. Se for possível, quero enfrentar o Velásquez no México. Sou comentarista do canal em espanhol da FOX e morei muito tempo na Espanha, então não teria dificuldades com o idioma. Gostaria muito de fazer o programa no México", avisou Werdum, que já relatou a ideia aos organizadores do UFC.

Americano com ascendência mexicana, Cain Velásquez é o atual campeão da divisão dos pesados do UFC, vindo de vitórias sobre os brasileiros Antônio Pezão e Junior Cigano dos Santos. O último, antigo detentor do cinturão (com triunfo sobre o próprio Cain), já tem assegurado um terceiro confronto pelo título.

Terceiro colocado no ranking dos pesados, Werdum espera também ganhar em breve a chance de lutar pelo cinturão. Antes de pensar em Velásquez, no entanto, ele precisa se preocupar com a decisão do TUF. O gaúcho não conseguiu colocar nenhum dos atletas que treinou na final do programa, que terá o duelo entre William Patolino e Leonardo Santos, ambos do time liderado por Minotauro.

Quando se lembrou do pior desempenho da equipe no reality show, Werdum tentou contemporizar nesta segunda. "Vi que houve algumas críticas porque o meu time brincava bastante, mas isso é coisa da edição. A galera treinou muito, perdeu peso. Tínhamos hora para tudo, inclusive para brincar. A gente precisava fazer alguma coisa para descontrair um pouquinho", argumentou.

Fabrício Werdum aproveitou a descontração até para provocar o time vencedor do TUF: "Não estamos na final, mas quem ganhou a guerra das brincadeiras?", sorriu. Um dos representantes de Minotauro na decisão com Léo Santos, o eloquente Patolino não deixou o treinador do time adversário sem resposta: "nós!".

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade