0

Yane Marques é ouro no pentatlo; Brasil também vence hipismo

8 mar 2014
22h27
atualizado às 23h47
  • separator
  • comentários

Depois de alcançar o terceiro lugar nos Jogos Olímpicos de Londres, em 2012, subir ao lugar mais alto do pódio no Pan-Americano de Guadalajara, no México, um ano antes, Yane Marques garantiu um ótimo resultado logo em sua primeira participação nos Jogos Sul-Americanos. Neste sábado, a brasileira conquistou a medalha de ouro no Pentatlo Moderno.

Sem maiores problemas para confirmar o seu favoritismo na 10ª edição dos jogos, Yane Marques já se destacou na esgrima, na natação e na equitação. Na sequência da competição em Santiago, a brasileira ainda teve boa atuação no combinado entre tiro e cross country, selando a primeira colocação.

"Fui muito bom, ainda mais que é a minha primeira vez nos Jogos Sul-Americanos. Não sou sempre favorita, pois há uma incógnita sobre a equitação, além de outros fatores. Seria hipócrita não reconhecer os resultados das outras atletas sul-americanas", afirmou Yane Marques, mantendo um discurso humilde mesmo depois de conquistar mais um bom resultado.

Na segunda colocação da prova, a chilena Javiera Rosas surpreendeu e garantiu o posto com apenas 17 anos. Já a medalha de bronze ficou com outra representante do Brasil. Com boas atuações na esgrima, na natação e na equitação, a brasileira Priscila Oliveira garantiu o terceiro lugar neste sábado.

Hipismo adestramento também é ouro - João Victor Oliva sempre foi acostumado a ver sua mãe vencer as principais competições continentais, mas, neste sábado, roubou a atenção ao conquistar sua primeira medalha de ouro. O filho da ex-jogadora de basquete Hortência faz parte da equipe brasileira de hipismo adestramento, que garantiu o lugar mais alto do pódio.

Além de João Victor, a equipe verde e amarela formada por Pia Aragão, Leandro Aparecido e João Paulo dos Santos teve atuação exemplar na competição realizada na Escola de Equitação Granaderos de Quillota, garantindo, além do ouro, a vaga nos Jogos Pan-Americanos Toronto 2015. A segunda colocação ficou com a Argentina, enquanto o Chile foi medalha de bronze.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • comentários
publicidade