0

"Não viemos ao Brasil para fazer turismo", diz argelino

28 jun 2014
19h17
atualizado às 23h39
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O zagueiro e capitão da Argélia, Rafik Halliche, afirmou neste sábado que sua seleção tem grandes pretensões na Copa do Mundo, não veio ao Brasil "a passeio" e tentará eliminar a Alemanha para avançar às quartas de final.

<p>Rafik Halliche comemora gol contra a Coreia do Sul</p>
Rafik Halliche comemora gol contra a Coreia do Sul
Foto: Getty Images

Quer acompanhar as notícias e jogos da sua seleção? Baixe nosso app. #TerraFutebol

"Não estamos no Brasil para fazer turismo. Estamos aqui e sempre vamos dar todo nosso esforço para chegar à final e o mais longe possível na competição. É futebol, nada está planejado de antemão", afirmou, depois do treino deste sábado.

No entanto, o zagueiro da Argélia declarou que é normal que seu país "celebre" a classificação às oitavas pela primeira vez em sua história.

"É uma grande alegria e que nos agrada. O povo argelino gosta. Trabalhamos duro, portanto passamos por um grande sacrifício para chegar a uma fase histórica", ressaltou.

Confronto com polícia marca festa de torcedores da Argélia
EFE   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade