1 evento ao vivo

Ricciardo esbraveja e Red Bull pede desculpas por erro

Ele reclamou da falha do time em seu segundo pit-stop e ouviu um pedido de desculpas da escuderia.

29 mai 2016
12h24
atualizado em 15/6/2016 às 16h29
  • separator
  • comentários

O australiano Daniel Ricciardo não conseguiu esconder a frustração com o erro da equipe Red Bull que lhe custou a vitória do Grande Prêmio de Mônaco de Fórmula 1. Ele reclamou da falha do time em seu segundo pit-stop e ouviu um pedido de desculpas da escuderia.

Daniel Ricciardo ao lado do vencedor Lewis Hamilton
Daniel Ricciardo ao lado do vencedor Lewis Hamilton
Foto: EFE

Ricciardo perdeu tempo nos boxes porque a Red Bull não estava pronta para trocar seus pneus na 32ª volta, quando ele liderava a prova. Com a demora para concluir a parada, o australiano voltou à pista na segunda colocação, pouco atrás do britânico Lewis Hamilton, e perdeu uma vitória que estava em suas mãos após largar da pole position e andar na frente durante o primeiro trecho da corrida.

“Me atrapalharam duas semanas seguidas. É uma droga. Não fui eu que decidi ir aos boxes. Eles me chamaram, então tinham que estar prontos. Isso machuca”, reclamou Ricciardo, visivelmente aborrecido no pódio.

A equipe Red Bull teve pouco a fazer, a não ser pedir desculpas para o australiano, que buscava sua primeira vitória em Mônaco, um dos circuitos mais tradicionais do calendário. Segundo o time, o erro ocorreu por uma falha de comunicação entre engenheiros e mecânicos.

“Foi um erro humano. Tudo o que podemos fazer é pedir desculpas para o Daniel. Infelizmente houve um grande desentendimento. Vamos investigar”, disse o consultor do time, Helmut Marko.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade