PUBLICIDADE

Cavani avisa: "se quiserem nos vencer, terão que lutar"

18 jun 2014 17h27
| atualizado às 19h42
ver comentários
Publicidade
<p>Cavani confia na classificação do Uruguai</p>
Cavani confia na classificação do Uruguai
Foto: AFP

Com Luís Suárez em situação física ruim e Diego Forlán com seu nível técnico em baixa, as esperanças ofensivas do Uruguai caem sobre Edinson Cavani. O atacante de 27 anos, que atua no Paris St. Germain, marcou o gol de sua equipe na derrota por 3 a 1 para a Costa Rica na estreia na Copa do Mundo e será uma das armas para superar a Inglaterra nesta quinta-feira, em São Paulo.

Quer acompanhar as notícias e jogos da sua seleção? Baixe nosso app. #TerraFutebol

Os uruguaios precisam derrotar os ingleses e ainda dependerão de seu resultado contra a Itália, na última rodada da primeira fase, para buscar a vaga às oitavas de final do Mundial. E Cavani já mandou recado aos ingleses: precisarão lutar para sair da Arena Corinthians com a vitória.

"A mensagem é sempre a mesma na hora de jogar, sejam ingleses ou qualquer outra seleção. Sempre tentamos defender nossa imagem. Que saibam que somos uma seleção difícil, que tem seu caráter e que, se quiserem nos vencer, terão que lutar. Que saibam que estamos prontos para esse tipo de situação, já vimos esse tipo de situação antes", afirmou o atacante.

O técnico Oscar Tabárez evitou dar detalhes sobre o time que enfrentará a Inglaterra. Mesmo que o retorno de Luís Suárez já tenha sido anunciado, o treinador não confirmou sua presença. Perguntado sobre  o retorno do jogador do Liverpool, Cavani se mostrou elogioso, mas preferiu valorizar o grupo uruguaio.

"Já jogamos muitas vezes juntos e já conseguimos muitas coisas boas. Mas temos uma seleção e a seleção tem vários grande atletas. Quem vai ocupar o posto entre os 11 será feito de modo igual por todos. O importante é estar aqui fazendo as coisas como o técnico pedir", disse.

Fonte: Terra
Publicidade
Publicidade