0

Em 2010, Santos de Neymar e Ganso tirou Atlético-MG de Tardelli da Copa do Brasil

As duas equipes voltam a se enfrentar nesta quarta-feira, às 19h15, no Independência, no duelo de ida das oitavas de final

15 mai 2019
12h10
atualizado às 12h10
  • separator
  • comentários

Atlético Mineiro e Santos se enfrentam nesta quarta-feira, às 19h15, no Independência, no duelo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, em um confronto que já aconteceu no torneio nacional. Em 2010, com Diego Tardelli e Vanderlei Luxemburgo de um lado e Neymar e Paulo Henrique Ganso do outro, a equipe paulista se deu melhor.

O confronto, naquela oportunidade, ocorreu pelas quartas de final. E o Atlético-MG também foi mandante do primeiro confronto, mas que foi disputado no Mineirão e para um grande público - 46.239 pagantes. O time mineiro largou na frente ao triunfar por 3 a 2 em um duelo eletrizante, com uma atuação de gala de Diego Tardelli, autor de três gols.

Mas o Santos, então visto como sensação do futebol nacional pelo seu estilo ofensivo, diminuiu com Robinho e Edu Dracena, que marcou o seu gol aos 38 minutos do segundo tempo, quando o time da casa parecia desgastado, no confronto realizado em 28 de abril de 2010.

Esse gol de Dracena no fim foi determinante para a classificação santista às semifinais da Copa do Brasil. Afinal, uma semana depois, em 5 de maio e apenas alguns dias após ambas as equipes serem campeãs estaduais, o time se impôs na Vila Belmiro, acompanhado por 14.245 torcedores, e derrotou o Atlético-MG por 3 a 1.

André e Neymar, que havia ficado fora do duelo no Mineirão, abriram 2 a 0 para o Santos, que ainda seria vazado antes do intervalo por Corrêa. Na etapa final, um gol de Wesley sacramentou a classificação santista. Nas fases seguintes, o time passaria por Grêmio e Vitória, conquistando pela primeira vez na sua história o título da Copa do Brasil.

Em 2019, então, os times voltam a se enfrentar na competição. Curiosamente, os jogos serão disputados em estádios diferentes, pois o Atlético-MG resolveu mandar o seu duelo no Mineirão, enquanto o Santos realizará o seu jogo em casa, marcado para 6 de junho, no Pacaembu.

Apesar de o Santos ter avançado em 2010, o Atlético-MG leva pequena vantagem no retrospecto do confronto com o Santos. Em 96 jogos disputados, a equipe mineira soma 37 vitórias, 24 empates e 35 derrotas. Além disso, marcou 146 vezes, tendo sido vazado em 140 oportunidades.

Estadão

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade