1 evento ao vivo

Juventus confirma 'lesão menor' em Cristiano Ronaldo, mas não dá prazo para volta

Craque machucou a coxa direita na partida entre Portugal e Sérvia

26 mar 2019
14h11
atualizado às 14h11
  • separator
  • comentários

Um dia depois de Cristiano Ronaldo ter se lesionado pela seleção de Portugal em jogo contra a Sérvia, em Lisboa, pelas Eliminatórias da Eurocopa de 2020, a Juventus, clube do astro, informou nesta terça-feira que exames realizados pelo jogador ainda em seu país mostraram uma "aparente lesão menor aos flexores da coxa direita".

Por causa da lesão, o atacante precisou deixar o confronto realizado no Estádio da Luz já aos 30 minutos do primeiro tempo com os sérvios, que terminou em 1 a 1 na segunda-feira. Após a partida, porém, o próprio jogador minimizou a importância do ocorrido e previu que deverá retornar aos gramados em "uma ou duas semanas".

Nesta terça, entretanto, a Juventus preferiu não estabelecer um prazo previsto para a volta do atleta aos jogos da equipe. "Suas condições serão monitoradas e serão submetidas a novos testes para definir a retomada da atividade competitiva", avisou o clube italiano, por meio de curto comunicado em seu site oficial.

A lesão sofrida na segunda-feira virou motivo de preocupação aos torcedores da equipe de Turim e ao técnico Massimiliano Allegri pelo fato de que, no próximo dia 10 de abril, na Holanda, o time enfrenta o Ajax no confronto de ida das quartas de final da Liga dos Campeões.

No estágio anterior da competição continental, o craque português garantiu a classificação do seu clube de forma decisiva ao marcar todos os gols da vitória por 3 a 0 sobre o Atlético de Madrid, na Itália, no jogo de volta das oitavas de final - na partida de ida, na Espanha, os donos da casa venceram por 2 a 0.

Nas duas primeiras rodadas das Eliminatórias da Eurocopa, porém, Cristiano Ronaldo amargou dois jogos sem balançar as redes. Primeiro no empate por 0 a 0 com a Ucrânia, também em Lisboa, na última sexta-feira, e agora no 1 a 1 com os sérvios.

Devido aos dois empates, os atuais campeões continentais figuram fora da zona de classificação direta à Eurocopa de 2020, em terceiro lugar do Grupo B das Eliminatórias, com dois pontos. As duas seleções que ocupam hoje essa área de acesso ao torneio são a Ucrânia, líder com quatro pontos, e Luxemburgo, vice-líder com três. Os portugueses só voltarão a atuar pelo qualificatório no dia 7 de setembro, novamente contra a Sérvia, fora de casa.

Estadão
  • separator
  • comentários
publicidade