PUBLICIDADE

Brasil não sabe atacar sem Neymar, critica Maradona

18 jun 2014
09h34 atualizado às 09h36
0comentários
09h34 atualizado às 09h36
Publicidade
<p>Argentino afirma que Brasil não tem segunda opção para o ataque além de Neymar</p>
Argentino afirma que Brasil não tem segunda opção para o ataque além de Neymar
Foto: Marcelo Del Pozo / Reuters

Em seu programa na emissora venezuelana Telesur, Diego Maradona criticou a atuação do Brasil no empate por 0 a 0 diante do México, nesta terça-feira, no Estádio do Castelão. Segundo o ex-camisa 10 da Argentina, o time comandado pelo técnico Luiz Felipe Scolari não consegue atacar sem Neymar.

Quer acompanhar as notícias e jogos da sua seleção? Baixe nosso app. #TerraFutebol

“O Brasil terá que melhorar muito se quiser ser um dos favoritos. Pelo que vi, o México hoje pode jogar de igual para igual com o Brasil, que não sabe atacar sem Neymar”, disse Maradona, que vê a Seleção Brasileira sem “outra opção” no ataque além do camisa 10.

Argentinos provocam brasileiros e relembram Caniggia:

Convidado de Maradona no programa, Zico disse que a Seleção Brasileira esteve “mais ou menos” no duelo diante do México. O ex-camisa 10 do Flamengo e do Brasil também criticou a dependência que a equipe tem de Neymar para criar jogadas ofensivas.

Para o astro argentino, os árbitros da Copa do Mundo de 2014 têm “certo respeito” pelo Brasil, e citou uma falta de Thiago Silva em Chicharito Hernandez – para ele, “vermelho direto” que não foi dado. O técnico da Argentina na Copa de 2010 já havia criticado a arbitragem do jogo Brasil 3 x 1 Croácia, apontando o pênalti marcado sobre Fred como “um presentinho”.

”Isto me faz pensar que, se o Brasil quer melhorar, vai melhorar mais pelos árbitros do que por mérito próprio”, alegou, afirmando que “estão colocando” o Brasil nas oitavas de final.

Veja os gols em 3D da Copa Veja os gols em 3D da Copa

Fonte: Terra
Publicidade
Publicidade