0

CBF faz mistério sobre quem é Dona Lúcia; fake vira hit

11 jul 2014
19h25
atualizado em 4/12/2014 às 11h26
  • separator
  • comentários

Na última quarta-feira, um e-mail lido pelo coordenador técnico da Seleção Brasileira, Carlos Alberto Parreira, em que uma torcedora chamada Dona Lúcia exaltava o trabalho de Luiz Felipe Scolari e defendia o treinador com unhas e dentes virou sensação na internet, virando até primeiro lugar nos Trending Topics do Brasil no Twitter. 

<p>Carlos Alberto Parreira leu carta de torcedora durante entrevista coletiva na última quarta-feira</p>
Carlos Alberto Parreira leu carta de torcedora durante entrevista coletiva na última quarta-feira
Foto: Ricardo Matsukawa / Terra

Quer acompanhar as notícias e jogos da sua seleção? Baixe nosso app. #TerraFutebol

No teor da mensagem, Dona Lúcia destacava o sofrimento do treinador como na parte em que disse: "fiquei muito triste ao constatar que o ser humano muitas vezes é de uma crueldade sem limites. Tive esse sentimento ao ouvir os jornalistas lhe perguntarem sobre a dívida do senhor com a nação brasileira. E o senhor mesmo sofrendo mais do que qualquer um ali com toda humildade que lhe é peculiar, deu uma resposta muito coerente".

Após a repercussão, a reportagem do Terra foi tentar ir atrás da identidade de Dona Lúcia. Em conversa com o departamento de comunicação da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), foi dada a informação de que após a solicitação de alguns jornalistas para que fosse divulgado seus contatos, Dona Lúcia pediu para se manter anônima.

Comentarista critica postura de Felipão e Parreira na Copa

Na mensagem enviada a CBF, ela disse que não buscava exposição e que queria apenas dar um apoio ao técnico Luiz Felipe Scolari e ao grupo. O primeiro e-mail de Dona Lúcia, lido por Carlos Alberto Parreira, foi recebido pelo assessor Rodrigo Paiva, que repassou para o coordenador técnico da Seleção Brasileira. 

Se Dona Lúcia prefere o anonimato, um perfil fake da torcedora no Twitter tem ganhado popularidade a cada dia que passa. Com quase 6 mil seguidores na rede social, o @DonaLuciaCBF foi criado pelo auxiliar administrativo Renan Thierre, 18 anos, minutos depois de Parreira ler a carta. Em menos de uma hora já eram quase mil seguidores. 

"Foi meu automático mesmo a criação do perfil. Eu estava acompanhando a entrevista em casa, de folga, e sabia que aquilo iria virar piada. Foi uma coisa incrível. Eles tentaram encobrir uma campanha que não foi bem sucedida com uma carta. A coletiva inteira foi totalmente irônica", afirmou Renan, em contato com o Terra

Com uma imagem de uma senhora de idade, que ele pegou no Google por achar que tinha um perfil do que imagina ser a tal Dona Lúcia, Renan tem chamado a atenção por tiradas de sarro inteligentes sobre a Seleção Brasileira e a Copa do Mundo, como fingindo que mandaria também uma carta para o técnico Louis Van Gaal após a derrota da Holanda para Argentina e defendendo Fred, a quem apelidou de "meu neto querido". 

"Sou eu que tenho cuidado sozinho do perfil. Falei sobre o Fred, porque acho que vai ser um dos que mais vai ficar marcado. A repercussão do perfil foi muito incrível. Achei que ia ganhar popularidade no Twitter, mas nunca poderia imaginar que daria entrevistas", afirmou Renan, que disse que torceu muito por essa Seleção desde a disputa da Copa das Confederações em 2013. 

"Eu estava torcendo muito de verdade, desde que ganhou a Copa das Confederações. Eu estava realmente torcendo. Quando foram saindo os gols da Alemanha eu estava muito mal, fiquei extremamente triste...Acho que a campanha foi ruim. Desde o começo o time não tem jogado bem. Muito por conta do oba-oba que virou essa preparação, com Felipão fazendo muito comercial, um monte de gente na Granja Comary, virou um BBB".

Indagado se não teme ser procurado pela verdadeira Dona Lúcia para tirar satisfação sobre o perfil fake, o auxiliar administrativo ainda mostra desconfiança sobre a existência da torcedora. "Não estou acreditando muito que ela exista, precisa ver melhor essa história".

Fato é que além de Dona Lúcia, a Seleção Brasileira tem ganhado apoio de diversos torcedores na Granja Comary nos três dias que sucederam a derrota vexatória para a Alemanha, por 7 a 1. Com faixas e gritos nos treinamentos, as pessoas que moram no condomínio próximo ao campo de treinamento em Teresópolis deram palavras de incentivo aos jogadores, até mesmo debaixo de chuva nesta sexta-feira, antes da viagem da equipe para Brasília, onde disputará o terceiro lugar contra a Holanda.

Veja os gols em 3D da Copa Veja os gols em 3D da Copa

 

Fonte: Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade