0

Contra vilania e piadas, Fred tenta despertar lado decisivo

Jogador é quem mais tem lidado com críticas e tem papel de vilão já preparado por torcedores; semifinal contra a Alemanha é praticamente a última chance para a virada

8 jul 2014
08h00
  • separator
  • comentários

Perto de entrar para a história como segundo pior centroavante do Brasil em Copas, o atacante Fred terá que resgatar seu lado decisivo para não encerrar sua trajetória no Mundial como vilão. Contra a Alemanha, nesta terça-feira, a Seleção precisará mais do que o habitual de Fred e uma nova atuação ruim não será perdoada pelos torcedores, que já elegeram o jogador como preferencial alvo de críticas e piadas.

Quer acompanhar as notícias e jogos da sua seleção? Baixe nosso app. #TerraFutebol

Antes de começar a disputa de mata-mata contra o Chile, Fred disse em entrevista que tinha chegado a sua hora na Copa do Mundo. “Chegou a parte decisiva, temos que errar o menos possível. Nessas horas meu jogo tende a render mais”, disse. Porém, até o momento o futebol do atacante não correspondeu à promessa.

Depois de um pequeno renascimento com um gol diante de Camarões, Fred voltou a ficar longe da meta adversária contra Chile e Colômbia. Recebeu uma tímida defesa de Felipão depois das quartas e continua no time para a semifinal. Sem Neymar, sua importância para o Brasil chegar à decisão aumentou consideravelmente.

Conforme mostrou levantamento do Terra, Fred é o segundo jogador com mais participações em gols desde que Felipão assumiu o cargo. Foram 11 conclusões certeiras, cinco assistências e duas construções de jogadas desde 2013. Para se livrar da carga de vilão, o atacante terá que resgatar esse brilho esquecido, que ficou marcado na Copa das Confederações.

Na época, também pressionado por críticas, o camisa nove desencantou a partir do terceiro jogo diante da Itália e terminou como artilheiro do torneio com cinco gols. Em seu passado em clubes o atacante também mostrou poder de decisão em dois títulos brasileiros pelo Fluminense e na conquista do Carioca de 2012.  

No presente Fred tem de longe o pior desempenho entre os atacantes semifinalistas. Com uma média de apenas 26 segundos com a bola no pé a cada jogo, tem apenas três chutes certeiros e marcou um gol. Mesmo assim perdeu 16 bolas e não tem conseguido sequer abrir espaço para os companheiros.

Um novo jogo ruim será fatal. Como já está claro em memes e piadas compartilhadas ao longo da Copa, Fred é o escolhido pelo público para explicar um eventual fracasso. Se o Brasil perder, restará ainda um jogo de terceiro lugar para evitar estatisticamente o posto de segundo pior centroavante brasileiro da história. Mas de nada adiantará para amenizar uma decepção.

Por outro lado, Fred sabe que tudo de errado que fez na Copa até o momento será esquecido com uma reta final vitoriosa e decisiva. Apelidos como "cone" e imóvel" podem virar motivos de piadas em caso de redenção. Mas até o momento causam preocupação e irritação do camisa nove mais contestado do Brasil na história das Copas.  

Veja os gols em 3D da Copa Veja os gols em 3D da Copa

Fonte: Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade