2 eventos ao vivo

Aaron Hernandez é condenado à prisão perpétua por homicídio

15 abr 2015
12h58
atualizado às 13h01
  • separator
  • 0
  • comentários

Um dos mais talentosos e polêmicos jogadores de futebol americanos de sua geração, Aaron Hernandez foi considerado culpado pelo assassinato do ex-atleta amador Odin Lloyd, em 2013. A decisão foi tomada por um júri popular nesta quarta-feira.

Hernandez, que tem 25 anos e foi tight end do New England Patriots de 2010 a 2012, acabou condenado à prisão perpétua sem liberdade condicional pela morte de Lloyd. Ex-namorado da irmã de Aaron e também jogador de futebol americano, ele foi encontrado alvejado com seis tiros no peito em junho de 2013.

Ex-tigh end do New England Patriots pegou pena por assassinato de Odin Lloyd
Ex-tigh end do New England Patriots pegou pena por assassinato de Odin Lloyd
Foto: Jared Wickerham / Getty Images

A arma do crime ainda não foi achada (bem como testemunhas do caso), mas evidências circunstanciais apresentadas no tribunal encerrado nesta quarta-feira comprovaram a participação de Aaron Hernandez no assassinato.

Câmeras de vigilância mostraram que o ex-jogador dos Patriots carregava uma arma dez minutos antes do homicídio, e o próprio advogado de Hernandez admitiu que ele estava no local do crime. Após ouvir o verdecito, o ex-ídolo da NFL foi às lagrimas e chorou no ombro de sua mãe.

Aaron Hernandez vestiu a camisa dos Patriots na NFL entre 2010 e 2012
Aaron Hernandez vestiu a camisa dos Patriots na NFL entre 2010 e 2012
Foto: Getty Images
Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade