0

Balbuena vê torcida confiante e pede foco: "Estamos perto de uma final"

21 abr 2017
07h18
atualizado às 07h18
  • separator
  • comentários

Dentre as novidades apresentadas pelo Corinthians na atual temporada, o estabelecimento do zagueiro Balbuena como um dos líderes do elenco é uma das mais aclamadas pela comissão técnica, satisfeita por ver um reforço de pouco brilho em 2016 tornar-se figura fundamental no ano seguinte. Tranquilo na posição de "mentor" dos jovens companheiros, o defensor não quer que a queda para o Internacional na Copa do Brasil seja um marco para uma decadência na temporada.

"Muitos falaram que esse elenco não ia dar para nada e agora estamos brigando por uma final", disse o jogador, que exerceu a função de capitão em algumas oportunidades e tem sua melhora de produção constantemente citada pelos membros da comissão técnica como uma prova da efetividade do trabalho de Fábio Carille. Tranquilo mesmo após o revés nos pênaltis, paraguaio assegurou que os jogadores sabem o que podem fazer melhor contra o São Paulo, neste domingo, pelo Paulista.

"Sabemos que tem muito para melhorar, muitas coisas para crescer ainda. Estamos trabalhando bem, está começando o ano ainda e vamos tentar ganhar os títulos de cada competição que a gente tiver", avaliou o defensor, um dos responsáveis por tranquilizar nomes como o volante Maycon e o lateral esquerdo Guilherme Arana, que desperdiçaram suas cobranças frente ao Inter.

"Quando alguém perde um penal se sente culpado, é normal, mas não só eles, todo mundo tem que ajudar a tirar esse papel de culpa. Ninguém erra porque quer, é isso aí, é um grupo muito unido, a gente sabe o que quer. Não tem que buscar culpado. Fizemos um grande jogo, agora é fazer um grande jogo para passar à final do Paulista", afirmou, descartando que a eliminação tenha tirado a confiança do torcedor no time.

"O torcedor não está desconfiando, não. Depois das eliminações está confiando mais ainda, o rendimento do time dá para confiar também. A gente vem fazendo bons trabalhos, bons jogos, tanto para nós quanto para o torcedor, podem ter certeza que gera uma confiança maior. Ficar fora de um torneio é doloroso, mas sabemos que tem um jogo já pertinho e estamos totalmente focados", concluiu Balbuena.

Com apenas mais dois dias para treinar, o Timão a princípio não tem problemas por lesão para o Majestoso, sem poder contar apenas com Giovanni Augusto, baixa já há uma semana. Por ter vencido a partida de ida pelo placar de 2 a 0, os comandados de Carille podem até perder por um gol de diferença para o rival, algo que nunca aconteceu em Itaquera, que estarão na decisão do torneio.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade