2 eventos ao vivo

Boa Esporte bate Juventude fora de casa e abre vantagem na semifinal

15 out 2016
20h42
  • separator
  • 0
  • comentários

O Boa Esporte conquistou um importante resultado na briga pela chance de disputar o título da Série C do Campeonato Brasileiro. Neste sábado, o time de Varginha foi à Caxias do Sul enfrentar o Juventude e saiu do Alfredo Jaconi com uma vitória por 2 a 1. Daniel Cruz marcou os gols dos mineiros, enquanto Sananduva diminuiu para os gaúchos.

As duas equipes voltam a se enfrentar no próximo sábado, às 21 horas (de Brasília), no Estádio Municipal de Varginha. O time mineiro joga pelo empate para se classificar para a final da Série C. O Juventude, por outro lado, precisa de uma vitória por dois gols de diferença para avançar à decisão.

O jogo - O Boa Esporte começou de forma avassaladora e marcou dois gols logo no início. No primeiro minuto, Daniel Cruz cruzou rasteiro e Fellipe Mateus apareceu livre para completar para o gol. Aos cinco minutos, Romano roubou a bola no meio de campo e passou para Daniel Cruz bater no ângulo esquerdo de Elias e ampliar a vantagem do time mineiro.

O Boa por pouco não marcou o terceiro aos 19 minutos. Após contra-ataque em velocidade, Gênesis recebeu na área e finalizou duas vezes em cima dos zagueiros do Juventude. A primeira chegada perigosa do Juventude aconteceu apenas aos 33 minutos, quando Caprini foi à linha de fundo e cruzou na área para Vacaria, que cabeceou, mas viu a bola desviar na marcação e ficar limpa para o goleiro Daniel.

O segundo tempo foi mais movimentado. Logo aos seis minutos, Daniel Cruz recebeu pelo meio e arriscou de fora. Elias defendeu em dois tempos. Aos 12, veio a resposta do Juventude. Wallacer finalizou da meia-lua e Daniel caiu no canto direito para impedir o gol. Na sequência, Romarinho pegou sobra de escanteio, mas bateu fraco. Aos 17, Braian Samúdio balançou as redes para o Boa, porém o árbitro anulou o gol por impedimento.

Em desvantagem no placar, o Juventude procurava mais o ataque e criava mais perigo. Aos 24, Ernani foi lançado em profundidade por Wallacer e chutou por cima, assustando Daniel. Na sequência, saiu o gol. Sananduva pegou rebote da entrada da área, cortou o marcador e bateu forte no canto direito, sem chances para o goleiro.

O gol animou o Juventude, que ensaiou uma pressão em busca do empate. Aos 35, Carlinhos cruzou na área e Bruno Maia tirou para escanteio. Na cobrança, Wallacer cabeceou para fora. Aos 42, Wallacer bateu escanteio fechado e Daniel tirou de soco. Apesar das tentativas, os gaúchos não conseguiram evitar a derrota.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade