PUBLICIDADE
Logo do

Coritiba

Meu time

Após novo tropeço, René Simões não é mais técnico do Coritiba

9 ago 2009 20h58
| atualizado às 22h22
Publicidade

A derrota por 3 a 1 para o Cruzeiro, em pleno Estádio Couto Pereira, foi o estopim para a demissão do técnico René Simões pela diretoria do Coritiba. O novo tropeço em casa foi o sétimo seguido da equipe alviverde. Desde a vitória sobre o Grêmio, no dia 15 de julho, foram três empates e quatro derrotas.

» Em "bang bang" de técnicos, Cruzeiro supera Coritiba
» Veja a classificação atualizada
» Confira a tabela completa
» Receba os gols do seu time pelo celular
» Comente a vitória do Cruzeiro

O jejum de vitórias deu fim ao trabalho de René Simões, dispensado logo após a partida, pelo presidente Jair Cirino. "Tive uma conversa com o René logo após a partida. E assim como quando foi contratado, o desligamento dele foi com o presidente", disse o mandatário.

Jair Cirino elogiou o treinador, mas admitiu que não havia mais possibilidade de dar continuidade ao trabalho de René, que não conseguiu fazer com que o Coritiba tivesse uma boa campanha no Campeonato Brasileiro.

"Tenho percebido que o Coritiba tem permanecido na zona de rebaixamento ou próximo dela, nunca distante. E, como dirigente, isso preocupava. Era preciso tomar esta atitude", destacou Cirino.

Além de René, Alfredo Montesso, um dos auxiliares técnicos também está se desligando do clube. Até que o novo treinador seja contratado, o time será comandado por Edison Borges, outro integrante da comissão técnica, mas do quadro de funcionários do Coritiba.

O primeiro desafio do interino será na estreia pela Copa Sul-Americana, na próxima quinta-feira, contra o Vitória, em Salvador.

René Simões sai do comando técnico do Coritiba após derrota para o Cruzeiro
René Simões sai do comando técnico do Coritiba após derrota para o Cruzeiro
Foto: Giuliano Gomes / Gazeta Press
Fonte: Especial para Terra
Publicidade