PUBLICIDADE
Logo do

Botafogo

Meu time

Botafogo vence, respira e impede São Paulo de disparar na ponta

22 nov 2009 19h03
| atualizado às 23h24
Publicidade

Foi suado, sofrido, mas o Botafogo conseguiu derrotar o líder São Paulo e se manter fora da zona de rebaixamento nesta antepenúltima rodada do Campeonato Brasileiro. Com um gol de Jóbson, marcado nos instantes finais de jogo, o time alvinegro venceu o duelo por 3 a 2 e só não ameaçou a condição de líder do rival porque o Flamengo empatou com o Goiás e não conseguiu ultrapassá-lo na rodada, apesar de diminuir a distância para um ponto.

» Veja fotos de Botafogo x São Paulo
» Veja a classificação atualizada
» Confira a tabela e os resultados
» Comente a vitória do Botafogo

Com a vitória, o Botafogo passou a somar 44 pontos e se manteve a dois do Fluminense, que também venceu na rodada. Já o São Paulo parou nos 62 e viu o Flamengo se aproximar com 61. Internacional e Palmeiras, ambos com 59, completam o G-4 do Brasileiro.

O jogo

O Botafogo começou a partida com gás total, foi para cima do São Paulo e, de forma merecida, abriu o placar do jogo. E com estilo. Aos 14min do primeiro tempo, Jóbson avançou com a bola dominada, driblou Renato Silva e acertou o ângulo esquerdo de Rogério Ceni. Um golaço.

A pressão botafoguense, porém, não continuou depois do gol de Jóbson, o que permitiu ao São Paulo se lançar ao ataque e buscar o empate. Poucos chutes foram disparados em direção à meta de Jeferson, mas o time paulista atingiu seu objetivo aos 50min, com Washington, escorando de cabeça um cruzamento da esquerda.

O segundo tempo, aliás, foi tão eletrizante quanto o primeiro. O São Paulo foi esperto em uma cobrança de lateral e fez o segundo com Jorge Wagner, aos 11min, após passe de Washington. O Botafogo, porém, não demorou a empatar novamente o confronto: aos 13min, Renato cabeceou embaixo da trave e deixou tudo igual.

Com as expulsões de Richarlyson, aos 25min, e Juninho, aos 39min, o jogo ficou mais aberto e quem aproveitou os espaços foi o Botafogo: aos 44min, Jóbson dominou a bola na área, se livrou de Miranda e superou Rogério Ceni: 3 a 2. O atacante, aliás, foi expulso depois de tirar a camisa - mesmo destino de Rodrigo Dantas, que cometeu falta dura em Zé Luís.

No próximo domingo, o Botafogo tem um duelo direto na luta contra o rebaixamento à Série B: a equipe carioca enfrenta o Atlético-PR, às 17h (de Brasília), na Arena da Baixada. Já o São Paulo voltará a jogar fora de casa, desta vez contra o Goiás, no mesmo dia e horário.

Ficha técnica:

Gols
Botafogo: Jóbson, aos 14min do 1º tempo e aos 44min do 2º tempo, e Renato, aos 13min do 2º tempo
São Paulo: Washington, aos 50min do 1º tempo, e Jorge Wagner, aos 11min do 2º tempo

Polêmicas
- Suspensos pelo STJD, Dagoberto, Borges e Jean desfalcaram o São Paulo contra o Botafogo, assim como André Dias e Hugo, suspensos pelo terceiro cartão amarelo, e Rodrigo, machucado
- No primeiro tempo, os gandulas demoraram para repor a bola e o juiz decidiu dar cinco minutos de acréscimo por causa do ocorrido

Lances bizarros
Quando o São Paulo perdia por 1 a 0, Washington recebeu a bola na entrada da área e tentou pegar de primeira, mas mandou a bola muito longe do gol de Jeferson

Ponto Forte do Botafogo
Avanços com Jóbson e Reinaldo e marcação no meio

Ponto Forte do São Paulo
Reação após o gol que abriu o placar e cruzamentos para a área

Ponto Fraco do Botafogo
Falta de capricho quando poderia ter ampliado o marcador

Ponto Fraco do São Paulo
Fragilidade na defesa pelo lado direito, principalmente com Renato Silva

Personagem do jogo
Jóbson, autor do gol que decidiu o confronto

Destaque negativo do jogo
Demora dos gandulas para repor a bola no primeiro tempo

Esquema Tático Botafogo
4-4-2
Jeferson; Alessandro, Juninho, Wellington e Diego; Leandro Guerreiro, Fahel (Rodrigo Dantas), Renato (Jônatas) e Lucio Flavio; Jóbson e Reinaldo (Victor Simões). Técnico: Estevam Soares

Esquema Tático São Paulo
3-5-2
Rogério Ceni; Renato Silva, Miranda e Richarlyson; Adrian González (Wellington), Arouca (Zé Luís), Hernanes, Jorge Wagner e Júnior César; Marlos (Henrique) e Washington. Técnico: Ricardo Gomes

Cartões Amarelos
Botafogo: Renato
São Paulo: Renato Silva e Wellington

Cartões Vermelhos
Botafogo: Juninho, Rodrigo Dantas e Jóbson
São Paulo: Richarlyson

Árbitro
Sandro Meira Ricci (DF)





Fonte: Terra
Publicidade