PUBLICIDADE
Logo do

Santos

Meu time

Bruno defende dois pênaltis e coloca Flamengo no G-4

31 out 2009 20h25
| atualizado em 1/11/2009 às 09h28
Publicidade

Pela primeira vez o Flamengo entrou no G-4 do Campeonato Brasileiro. Graças ao goleiro Bruno, que fez duas defesas de pênalti e segurou a vitória por 1 a 0 sobre o Santos, neste sábado, no Maracanã, o torcedor flamenguista poderá se exibir para os rivais até as 16h de domingo, no complemento da 33ª rodada.

» Fotos da vitória flamenguista
» Veja a classificação atualizada
» Confira a tabela completa
» Receba os gols do seu time pelo celular
» Problemas no estádio? Mande seu relato
» Compre e venda ações dos times da Série A no Futex
» Comente o resultado do jogo

Mas se o Flamengo vier a perder a terceira posição para Atlético-MG, Internacional ou Cruzeiro neste domingo, o time carioca poderá ficar a una vitória da zona de classificação para a Libertadores já que o próximo duelo será o confronto direto com o alvinegro mineiro.

Se o Flamengo vislumbra até uma disputa pelo título (são quatro pontos de diferença para o líder, igualmente provisório, São Paulo), o Santos fica estacionado na 13ª colocação com mais um revés. Há cinco jogos sem vencer (três empates e duas derrotas) o time do técnico Vanderlei Luxemburgo não se movimenta na tabela e pode começar a se aproximar perigosamente da zona de rebaixamento dependendo dos resultados de domingo.

A 15ª vitória do Flamengo neste Brasileiro foi construída em cima de quatro pilares: o meia Petkovic, o atacante Adriano, o goleiro Bruno e o meia do Santos Paulo Henrique.

Sem Petkovic, o Flamengo viu sua série de dez jogos sem derrotas acabar no meio da semana. Liderando o "abafa" do time carioca no primeiro tempo e apenas cobrando faltas e escanteios na etapa final, o sérvio voltou ao time e garantiu seu retrospecto vitorioso.

Adriano foi o autor do gol da vitória. Logo no início do jogo, Léo Moura cruzou para a área e o camisa 10 cabeceou com firmeza para o fundo de gol. Com 17 no Campeonato Brasileiro, ele poderia ficar com a artilharia isolada - Diego Tardelli do Atlético-MG tem o mesmo número - se um chute não tivesse parado na trave de Felipe no segundo tempo.

Mas se existe um herói da partida este alguém é o goleiro Bruno. Ainda no primeiro tempo, Airton segurou o meia Paulo Henrique e o árbitro marcou pênalti. O próprio jogador pediu para bater mas acabou desperdiçando ao mandar no canto esquerdo de Bruno.

No segundo tempo, com o Santos melhor e criando mais jogadas, Bruno confirmou seu papel de herói do diae. Em mais uma bola alçada na área, o árbitro apontou falta de Álvaro em André na área. Novamente o jovem Paulo Henrique bateu, desta vez no meio do gol, mas com o mesmo resultado: a defesa do camisa 1, algo comum nesses últimos jogos.

Das quatro últimas cobranças do Flamengo, três pararam nas mãos, ou pés, do flamenguista. Somente no jogo contra o Palmeiras Bruno não teve participação ativa já que o atacante Vágner Love isolou a bola. A última vez que um jogador conseguiu vencer Bruno numa penalidade foi Jonas, atacante do Grêmio, no último jogo do primeiro turno.

FICHA TÉCNICA

Flamengo 1 x 0 Santos

Gols
Flamengo: Adriano, aos 6min do primeiro tempo

Ponto Forte do Flamengo
Pressionou o Santos no início e depois apostou nos contra-ataques com Adriano

Ponto Forte do Santos
No segundo tempo melhorou em campo e passou a pressionar mais

Ponto Fraco do Flamengo
Pouca criatividade nas armações das jogadas

Ponto Fraco do Santos
Os dois pênaltis perdidos por Paulo Henrique

Personagem do jogo
Bruno e suas duas defesas de pênalti

Lance polêmico
O árbitro alegou que Aírton segurou André na área ao assinalar o segundo pênalti para o Santos.

Esquema Tático do Flamengo
4-4-2
Bruno; Léo Moura, Ronaldo Angelim, Álvaro e Juan; Airton, Maldonado, Willians (Toró) e Petkovic (Fierro); Zé Roberto (Welinton) e Adriano. Técnico: Andrade

Esquema Tático do Santos
4-4-2
Felipe; Pará, Eli Sabiá, Adaílton e Triguinho (Léo); Rodrigo Mancha (Felipe Azevedo), Germano, Rodrigo Souto e Paulo Henrique Lima; Jean (Madson) e André. Técnico Vanderlei Luxemburgo

Cartões Amarelos
Flamengo: Maldonado, Léo Moura, Ronaldo Angelim e Álvaro
Santos: Adaílton, Triguinho, Léo e Germano

Público
77.063 pagantes

Árbitro
Nelson Nogueira Dias

Local
Maracanã



Fonte: Terra
Publicidade