0

Caio Júnior valoriza empate na Argentina e prevê equilíbrio na volta

21 set 2016
22h44
  • separator
  • 0
  • comentários

O empate por 0 a 0 com o Independiente, na Argentina, pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa Sul-Americana, foi considerado um bom resultado por Caio Júnior. O técnico da Chapecoense elogiou a organização tática da equipe, que sofreu pressão, mas soube se defender e não sofrer gols.

"Acho que dentro da estratégia, foi um ótimo resultado. Em termos defensivos, foi bom, muito organizado o tempo todo. Óbvio que o Independiente teve mais posse de bola, mas sem chances claras de gol. Talvez uma, que o atleta levou a bola com a mão. O jogo foi controlado, muito pela qualidade dos meus jogadores e organização tática", avaliou.

Apesar de valorizar o empate sem gols, Caio Júnior reconheceu que o plano era ter balançado as redes pelo menos uma vez. Com o resultado, o Independiente jogará por uma igualdade com gols na Arena Condá para se classificar. Mesmo assim, o comandante alviverde confia no fator casa para seguir na competição.

"A ideia era fazer pelo menos um gol. Sempre tive isso em mente, com jogadores pelos lados. O 0 a 0 deixa a eliminatória em aberto. Claro que o Independiente tem a vantagem de jogar pelo empate com gols. Mas a gente vai poder jogar em casa", declarou.

Em relação ao compromisso da volta, o treinador da Chape prevê dificuldades. De acordo com Caio Júnior, a partida será marcada pelo equilíbrio e, se o Verdão quiser ganhar, precisará ser mais ousado e criar mais chances de gol do que conseguiu na Argentina.

"Acho que vai ser um jogo novamente equilibrado, mas vamos ter que arriscar um pouco mais. São só 90 minutos agora. Seria fantástico para o nosso clube passar de fase. A gente respeita o adversário, mas vamos tentar passar de fase", finalizou.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade