PUBLICIDADE
Logo do

Grêmio

Meu time

Com 3 expulsos, São Paulo segura Grêmio e volta a ser líder

4 nov 2009 23h50
| atualizado em 5/11/2009 às 00h22
Publicidade

Diante de um adversário que tem se mostrado imbatível nesta temporada quando atua no Estádio Olímpico, o São Paulo conseguiu segurar um empate por 1 a 1 com o Grêmio na noite desta quarta-feira, mesmo atuando com três jogadores a menos nos minutos finais. Com a sua dupla de ataque e o volante Jean expulsos nos momentos decisivos da partida, o time paulista passou sufoco até o término do duelo tricolor, mas retomou a primeira posição no jogo que abriu a 34ª rodada do Campeonato Brasileiro.

» Veja fotos de Grêmio x São Paulo
» Veja a classificação atualizada
» Confira a tabela completa
» Comente o empate em Porto Alegre

Com Borges expulso aos 33min da etapa final, Dagoberto no minuto seguinte e Jean aos 48min, o atual tricampeão nacional saiu de Porto Alegre com um importante ponto e chega aos 59, agora com um a mais que o rival Palmeiras, que encara o ameaçado Fluminense no domingo, no Maracanã. Outro que pode deixar o time do Morumbi para trás na tabela no próximo final de semana é o Atlético-MG, que tem três a menos e faz verdadeira "decisão" com o Flamengo no Mineirão, no mesmo dia.

Enquanto o São Paulo comemora a retomada da primeira posição, mesmo que provisória, os gremistas saem de campo lamentando o resultado. Agora com 48 pontos e seis a menos que a zona de classificação para a Libertadores da América (com um jogo a mais), serve de consolo para os gaúchos apenas a manutenção da longa invencibilidade caseira. Nos duelos no Olímpico, o time não saiu derrotado em nenhuma das últimas 38 partidas, colecionando 28 triunfos e agora dez empates. O último tropeço dos mandantes em Porto Alegre ocorreu no dia 13 de setembro de 2008, quando perdeu por 2 a 1 para o Goiás pelo Campeonato Brasileiro do ano.

No primeiro tempo são-paulino, brilhou a estrela de Dagoberto, que voltou a marcar após nove rodadas (a última vez tinha sido no dia 12 de setembro, na vitória sobre o Avaí). O atacante, aliás, tinha sido o heroi do triunfo sobre os gremistas por 2 a 1 no Morumbi, no primeiro turno, ao marcar duas vezes. Já no segundo tempo, com o jogador expulso, quem apareceu foi o goleiro e capitão Rogério Ceni, dono de pelo menos cinco grandes defesas na noite.

Apesar do domínio dos paulistas, que mostraram a necessidade da vitória desde o início e tiveram mais a bola nos pés, o responsável por tirar o zero do placar foi mesmo a equipe mandante, usando uma de suas principais armas durante toda a temporada. Em cobrança de falta levantada para a área, Douglas Costa achou Rafael Marques livre para tocar de cabeça e vencer Rogério Ceni, aos 24min. No entanto, apenas sete minutos depois, Dagoberto aproveitou cruzamento de Hernanes, dominou no peito e contou com o desvio do mesmo zagueiro gremista em sua finalização para tirar as chances de defesa de Victor e igualar novamente o duelo.

FICHA TÉCNICA

Grêmio 1 x 1 São Paulo

Gols
Grêmio: Rafael Marques, aos 24min do 1º tempo
São Paulo: Dagoberto, aos 31min do 1º tempo

Polêmicas de arbitragem
- Reclamação dos gremistas de um suposto pênalti sofrido por Fábio Santos após choque com Jean na área são-paulina, aos 31min do segundo tempo, em lance ignorado pela arbitragem;
- Expulsão de Dagoberto após falta dura em Rafael Marques, aos 34min da segunda etapa, recebendo o cartão vermelho direto, gerando indignação dos são-paulinos no gramado

Ponto Forte do Grêmio
- Bolas altas na área do São Paulo, arma do time neste Campeonato Brasileiro e que mais uma vez deu certo no lance do primeiro gol

Pontos Fortes do São Paulo
- Domínio da posse de bola e controle da maior parte da partida, desde o apito inicial;
- Desarmes no meio campo, principalmente com o volante Arouca, que entrou bem na vaga que era dos lesionados Richarlyson e Zé Luís;
- Importante presença de Rogério Ceni em pelo menos cinco lances, com defesas no segundo tempo que garantiram o empate no Sul

Ponto Fraco do Grêmio
- Falta de criatividade no meio campo, dependendo somente das bolas altas para ameaçar o gol defendido por Rogério Ceni;
- Falta de tranquilidade para aproveitar a vantagem numérica de jogadores em campo e transformar a pressão em gol

Ponto Fraco do São Paulo
- Falta de objetividade e poucas finalizações à meta de Victor;
- Erros de posicionamento do setor defensivo, como ocorreu no lance do gol de Rafael Marques;
- Descontrole de Borges e Dagoberto nos minutos finais, ao ser expulsos de campo e prejudicar a equipe. O primeiro, recebeu o vermelho por agredir Túlio em lance sem a bola. Já o segundo, saiu de campo após falta dura em Rafael Marques

Personagem do jogo
Rogério Ceni, do São Paulo

Esquema Tático do Grêmio
3-5-2
Victor; Willian Thiego (Perea), Rafael Marques, Réver e Lúcio (Fábio Santos); Adilson, Túlio (Herrera), Souza, Tcheco e Douglas Costa; Maxi López; técnico: Paulo Autuori

Esquema Tático do São Paulo
3-5-2
Rogério Ceni; Renato Silva, André Dias e Miranda; Jean, Arouca (Hugo), Hernanes, Jorge Wagner (Marlos) e Junior Cesar; Dagoberto e Washington (Borges); técnico: Ricardo Gomes

Cartões Amarelos
Grêmio: Réver, Túlio, Tcheco, Souza e Maxi López
São Paulo: André Dias, Jean e Borges

Cartões Vermelhos
São Paulo: Jean, Dagoberto e Borges

Árbitro
Jailson Macedo Freitas (BA)

Local
Estádio Olímpico, em Porto Alegre (RS)







Fonte: Terra
Publicidade