PUBLICIDADE
Logo do

Athletico Paranaense

Meu time

Com nova expulsão de Kléber, Cruzeiro perde para Atlético-PR

5 ago 2009 21h22
| atualizado em 6/8/2009 às 00h38
Publicidade

De volta ao Atlético-PR para comandar a reação da equipe na luta contra o rebaixamento, o técnico Antônio Lopes iniciou bem a sua nova passagem pelo clube rubro-negro na noite desta quarta-feira. No Estádio Mineirão, em Belo Horizonte, os visitantes venceram o Cruzeiro por 2 a 0, conhecendo agora o segundo triunfo consecutivo, e afundam o rival na crise após a derrota na final da Libertadores da América, com mais uma expulsão do atacante Kléber.

» Veja fotos de Cruzeiro x Atlético-PR
» Veja a classificação atualizada
» Confira a tabela e os resultados
» Receba os gols do seu time pelo celular
» Comente a vitória do Atlético-PR

Com o resultado e mais três pontos somados, os atleticanos saltam aos 18 e saem da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro após 17 jogos disputados. Assim, deixam o Cruzeiro com um a menos e com a ameaça de ocupar os quatro últimos lugares na próxima rodada, já que tem apenas um a mais que o Coritiba, time que abre a área de descenso.

Derrotado pelo Estudiantes na decisão da Libertadores, o time celeste ainda não conseguiu se encontrar após o revés na final e amarga o pior início de campanha desde o início da disputa no sistema de pontos corridos, em 2003. Além disto, voltou a ter dois jogadores expulsos e já soma 11 cartões vermelhos em 16 partidas do Brasileiro.

Em um primeiro tempo com poucas chances, quem começou assustando foi o Atlético-PR. Com apenas 2min de bola rolando, o goleiro Fábio não conseguiu segurar uma cobrança de falta de Paulo Baier e soltou a bola nos pés de Rhodolfo, que empurrou para as redes. No entanto, o arqueiro cruzeirense foi salvo pela marcação de impedimento do ataque rival.

Porém, os fatos mais importantes da etapa inicial foram as expulsões, uma de cada lado. Aos 18min, Bruno Costa derrubou Henrique pelo lado direito atleticano e recebeu o cartão vermelho, aumentando o domínio do Cruzeiro na partida. Mas o ímpeto dos mandantes durou até os 42min, quando Bernardo deixou o pé em Rhodolfo no campo de ataque e também deixou o campo mais cedo.

Já nos últimos 45 minutos, com mais espaços em campo, os visitantes aproveitaram uma desatenção cruzeirense para abrir o placar no Mineirão. Com liberdade, Paulo Baier desceu pelo lado esquerdo e cruzou para Marcinho entrar de carrinho e completar para as redes de Fábio, que ainda se esforçou, mas não conseguiu evitar o tento paranaense.

Em desvantagem no placar, o Cruzeiro tratou de pressionar o rival e passou a desperdiçar chances, mas voltou a sofrer com nova expulsão aos 26min. Depois de dar um carrinho em que acertou Manoel, o artilheiro Kléber recebeu o segundo cartão amarelo e voltou a prejudicar a reação celeste. Já no fim, aos 42min, Gabriel passou pela marcação de Marquinhos Paraná e bateu cruzado para sacramentar a vitória visitante no Mineirão.

FICHA TÉCNICA

Cruzeiro 0 x 2 Atlético-PR

Gols
Atlético-PR: Marcinho, aos 3min, e Gabriel, aos 42min do 2º tempo

Ponto Forte do Atlético-PR
- Velocidade e eficiência nos contra-ataques, lances que deram origens aos dois gols do jogo

Pontos Fracos do Cruzeiro
- Expulsões de Bernardo e Kléber, que voltaram a prejudicar a equipe;
- Insistência nas jogadas pelo meio, sem utilizar as laterais do campo para tentar furar a retranca adversária

Ponto Fraco do Atlético-PR
- Atuação de Bruno Costa, que em apenas 18 minutos em campo, cometeu duas faltas e deixou o time com dez jogadores

Personagem do jogo
Marcinho, do Atlético-PR

Esquema Tático do Cruzeiro
4-4-2
Fábio; Elicarlos (Soares), Leonardo Silva, Gil e Athirson (Diego Renan); Fabrício, Henrique, Marquinhos Paraná e Bernardo; Kléber e Wellington Paulista (Rômulo); técnico: Adilson Batista

Esquema Tático do Atlético-PR
4-4-2
Galatto; Nei, Rhodolfo, Bruno Costa e Márcio Azevedo; Rafael Miranda, Valencia, Paulo Baier, Wesley (Manoel); Marcinho (Gabriel) e Wallyson (Patrick); técnico: Antônio Lopes

Cartões Amarelos
Cruzeiro: Bernardo e Kléber
Atlético-PR: Bruno Costa, Patrick, Valencia e Galatto

Cartões Vermelhos
Cruzeiro: Bernardo e Kléber
Atlético-PR: Bruno Costa

Árbitro
Sálvio Spínola Filho (Fifa-SP)

Local
Estádio Mineirão, em Belo Horizonte (MG)




Fonte: Terra
Publicidade