PUBLICIDADE

Com vaias a Bruno, Fla perde de virada para o Cruzeiro

20 ago 2009 22h55
| atualizado em 21/8/2009 às 01h01
Publicidade

No dia em que Adriano pôde festejar seu retorno à Seleção, quem atraiu os olhares no Estádio do Maracanã foi o goleiro Bruno. Acostumado a ser exaltado pelas defesas difíceis, o jogador foi o principal alvo dos protestos da torcida rubro-negra na noite desta quinta-feira, na derrota sofrida por 2 a 1 diante do Cruzeiro, de virada, no complemento da rodada de abertura do returno do Campeonato Brasileiro.

» Veja fotos de Flamengo x Cruzeiro
» Veja a classificação atualizada
» Confira a tabela e os resultados
» Receba os gols do seu time pelo celular
» Compre e venda ações dos times da Série A no Futex
» Problemas no estádio? Mande seu relato
» Comente a vitória do Cruzeiro

O camisa um foi eleito pelas arquibancadas o principal vilão de mais uma derrota flamenguista na competição nacional, que quebra uma sequência de cinco partidas seguidas sem revés atuando como mandante e afasta da equipe a possibilidade de voltar a brigar na parte de cima da tabela. Estagnado nos 27 pontos, o time do técnico Andrade está seis distante do Internacional, atual quarto colocado e último integrante na zona de classificação para a Libertadores.

Já do outro lado, o Cruzeiro festeja a reação e se afasta cada vez mais da zona de rebaixamento. Agora sem perder há três jogos, com duas vitórias e um empate, a equipe vai aos 24 e assume a 13ª posição na tabela, apenas uma atrás dos times que se garantem na próxima edição da Copa Sul-Americana.

Com a bola rolando, o Flamengo foi superior no primeiro tempo e teve em Emerson a principal figura ofensiva. Coadjuvante de Adriano durante a maior parte do campeonato, o atacante parou na travessão na primeira boa chance, mas deixou a sua marca aos 32min da primeira etapa, aproveitando cruzamento de Jorbison que veio da esquerda e subindo mais que a zaga mineira para vencer o arqueiro Fábio.

No entanto, a empolgação dos rubro-negros se transformou em frustração em pouco tempo devido à reação celeste. Em lance polêmico que gerou a reclamação dos donos da casa, Diego Renan ganhou dividida com Everton Silva, invadiu a área e chutou rasteiro para superar o goleiro Bruno pela primeira vez na noite. Já aos 24min, o camisa um da Gávea saiu nos pés de Soares para impedir o avanço, mas não conseguiu parar um chute de Fabrício, de fora da área, que decretou a virada no placar.

Para a torcida presente no Maracanã, a bola era defensável, fato que iniciou os protestos toda vez em que Bruno participava de alguma jogada. Os gritos ofensivos ao goleiro marcaram o restante da partida, mesmo em momentos que o Flamengo tentava o empate. Além disto, o técnico Andrade sofreu com as contusões de Emerson, do zagueiro Fabrício e do isolamento de Adriano, que pouco acionado, pouco pôde fazer para mudar o resultado.

FICHA TÉCNICA

Flamengo 1 x 2 Cruzeiro

Gols
Flamengo: Emerson, aos 32min do 1º tempo
Cruzeiro: Diego Renan, aos 7min, e Fabrício, aos 24min do 2º tempo

Polêmicas
Lance que deu origem ao primeiro gol do Cruzeiro, que gerou reclamações dos flamenguistas. Enquanto os mineiros comemoravam o tento de empate, os mandantes protestavam pedindo a marcação de uma falta de Diego Renan sobre Everton Silva

Ponto Forte do Flamengo
Atuação destacada de Emerson, que enquanto esteve em campo, foi o responsável pelas jogadas mais perigosas de ataque, carimbou o travessão em uma finalização e deixou a sua marca ainda no primeiro tempo. Já na etapa final, sofreu com uma lesão, tentou atuar no sacrifício e acabou sendo substituído

Ponto Forte do Cruzeiro
Reação da equipe na etapa final, quando passou se soltar, tocar mais a bola no campo do Flamengo e conseguiu os gols que garantiram a vitória no Maracanã

Ponto Fraco do Flamengo
Isolamento de Adriano no ataque, que foi pouco acionado pelos meias de criação e não conseguiu se transformar em perigo à meta de Fábio

Ponto Fraco do Cruzeiro
Atuação apática nos minutos iniciais, período em que foi dominado pelos mandantes e pouco criou para ameaçar a meta de Bruno

Personagem do jogo
Bruno, goleiro do Flamengo, bastante vaiado e xingado pelos torcedores rubro-negros

Comentários sobre o jogo
"O jogador não vive só de glórias e quando o time está em uma situação como esta, é normal os protestos. Passamos por turbulência, oscilações no Campeonato Brasileiro. Mas não posso me abalar porque o time precisa de mim", do goleiro Bruno, em entrevista ao Sportv, enquanto deixava o gramado e ouvia a ira dos torcedores flamenguistas

Esquema Tático do Flamengo
3-5-2
Diego, David, Fabrício e Ronaldo Angelim; Everton Silva, Aírton, Lenon, Fierro (Camacho) e Jorbison (Rafael Galhardo); Emerson (Maxi) e Adriano; técnico: Andrade

Esquema Tático do Cruzeiro
3-5-2
Fábio; Gil, Leonardo Silva e Thiago Heleno (Jancarlos): Marquinhos Paraná, Fabrício, Henrique, Gilberto (Dudu) e Diego Renan; Thiago Ribeiro (Soares) e Kléber; técnico: Adilson Batista

Cartões Amarelos
Flamengo: David, Everton Silva, Airton e Fabricio
Cruzeiro: Gil, Jancarlos e Thiago Ribeiro

Árbitro
Rodrigo Cintra (SP)

Local
Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)





Fonte: Terra
Publicidade