PUBLICIDADE
Logo do

Internacional

Meu time

Corinthians vence Inter e volta a comemorar no Beira-Rio

19 ago 2009 23h48
| atualizado em 20/8/2009 às 01h55
Publicidade

Internacional e Corinthians voltaram a se enfrentar no Beira-Rio 50 dias depois de decidirem o título da Copa do Brasil, conquistado pelo time paulista. Nesta quarta-feira, apesar de muitas mudanças na escalação dos dois times, o mesmo time acabou comemorando no final. Ao invés do empate e do título, o Corinthians volta para São Paulo com uma vitória por 2 a 1 e com chances renovados de brigar pelo sua terceira conquista no ano.

» Fotos de Internacional x Corinthians
» Receba os gols do seu time pelo celular
» Compre e venda ações dos times da Série A no Futex
» Veja a classificação atualizada
» Confira a tabela completa
» Comente o resultado do jogo

O Internacional admitiu que tinha um gostinho especial para a revanche após a decisão conturbada que teve DVD com erros pró-Corinthians divulgados para a imprensa e até um princípio de confusão entre D'Alessandro e William.

Mas nem os dois estavam em campo para reaviver um pouco da tensão da finalíssima. Do lado do Inter, dos 11 titulares desta quarta, apenas três começaram a decisão: Lauro, Bolívar e Guiñazu. Danilo Silva, Andrezinho e Alecsandro, reservas no dia 1º de julho, começaram entre os 11. Do lado corintiano, Chicão, Elias, Jorge Henrique e Dentinho estiveram desde o início nos dois jogos. Jean, reserva naquele empate em 2 a 2, substituiu o capitão William.

Assim como no jogo de julho, o Corinthians começou melhor e saiu na frente. Depois de uma confusão na área, a bola acabou sobrando para Jean e Chicão na pequena área. O camisa 3 esticou o pé e completou para o gol, mas quem teve o gol computado pela arbitragem foi Jean. No lance, os dois corintianos estavam quase um metro em posição de impedimento.

Diferentemente da final, o Inter conseguiu se recuperar antes da virada do tempo. Pressionando mais e encurralando o Corinthians a partir da metade da etapa, o Inter empatou com Alecsandro (o mesmo que fez os dois gols colorado na decisão da Copa do Brasil), que se posicionou entre Chicão e Jean e, em impedimento,cabeceou sem marcação para o fundo do gol defendido pelo estreante Rafael Santos.

Na volta para o segundo tempo, o jogo continuou igual. Enquanto o Corinthians perdeu chances em contra-ataque de Dentinho e em de chute fora da área de Jorge Henrique, o Inter chegou com perigo, novamente, com Alecsandro, referência do ataque colorado.

Mas a estratégia corintiana deu certo no fim. Com uma roubada de bola no meio-de-campo, Elias, Dentinho e Jorge Henrique, construíram a jogada que terminou definindo a vitória paulista. E que deverá dar pano para muita reclamação. Elias serviu Dentinho na lateral, que cruzou para o meio da área. Jorge Henrique, em posição duvidosa, completou para o gol quando o relógio já marcava 42min.

FICHA TÉCNICA

Internacional 1 x 2 Corinthians

Gols
Internacional: Alecsandro, aos 34min do primeiro tempo
Corinthians: Jean, aos 10min do primeiro tempo e Jorge Henrique, aos 42min do segundo tempo

Ponto Forte do Internacional
Jogadas aéreas para o Alecsandro na área. O atacante do Inter ganhou todas

Ponto Forte do Corinthians
Contra-ataques e jogadas rápidas do ataque corintiano

Ponto Fraco do Internacional
Inter teve problemas na hora de finalizar. Além da dificuldade para concluir, quando conseguia errava o alvo

Ponto Fraco do Corinthians
Muitos erros de passe

Personagem do jogo
Jorge Henrique, lutou muito e teve oportunismo para marcar mais uma vez no Beira-Rio

Lance polêmico
Os dois gols do Corinthians vão gerar polêmica. No primeiro, Jean e Chicão estavam adiantados no bate-rebate na área. No segundo, Jorge Henrique recebe cruzamento de Dentinho em posição duvidosa.

Lance bizarro
Alecsandro foi o dono das finalizações do Inter, mas em pelo menos três delas errou a bola e acabou furando o chute.

Esquema Tático do Internacional
4-4-2
Lauro; Danilo Silva, Bolívar, Sorondo e Marcelo Cordeiro; Sandro, Guiñazú, Giuliano e Andrezinho; Bolaños (Marquinhos) e Alecsandro. Técnico: Tite

Esquema Tático do Corinthians
4-3-3
Rafael Santos, Jucilei, Chicão, Jean e Marcinho (Paulo André); Moradei, Elias e Morais (Jadson); Jorge Henrique, Henrique (Bill) e Dentinho. Técnico: Mano Menezes

Cartões Amarelos
Internacional: Bolaños, Bolívar e Marcelo Cordeiro
Corinthians: Jucilei, Jorge Henrique, Dentinho e Paulo Henrique

Árbitro
Wagner Tardelli

Local
Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)




Fonte: Terra
Publicidade