PUBLICIDADE

De olho na Libertadores, Cruzeiro leva 4 do Barueri

21 jun 2009 20h23
| atualizado às 23h29
Publicidade

Animado pela classificação à semifinal da Libertadores da América, o Cruzeiro teve a sua festa interrompida na noite deste domingo pelo Barueri, que foi ao Estádio do Mineirão e não tomou conhecimento da boa fase do rival. Três dias antes de iniciar a disputa com o Grêmio, no mesmo local, a equipe celeste optou por uma formação mista e saiu derrotada por 4 a 2 para a equipe paulista, em jogo da sétima rodada do Campeonato Brasileiro.

» Veja fotos de Cruzeiro x Barueri
» Veja a classificação atualizada
» Confira a tabela completa
» Comente a vitória do Barueri

Com alguns de seus principais jogadores no banco de reservas, como o atacante Kléber, a equipe chegou a sair em vantagem com um gol relâmpago, mas caiu diante do time do artilheiro Pedrão, que deixou a sua marca duas vezes no duelo. Com isso, os mineiros estacionam nos sete pontos, enquanto o adversário paulista soma três a mais e sobe na tabela em seu ano de estreia na elite.

Além de ser batido antes de iniciar a disputa com os gremistas, o time comandado pelo técnico Adilson Batista viu ser encerrado um período de nove meses sem derrotas no Mineirão. A última vez em que havia sido batido foi no dia 14 de setembro de 2008, quando perdeu para o Palmeiras pelo placar mínimo, na reta final do Brasileiro do ano passado.

Com pouco tempo de bola rolando, o Cruzeiro não demorou para movimentar o marcador e já ficou em vantagem aos 2min de jogo. Improvisado no meio, o lateral direito Jonathan invadiu a área e bateu sem dar chances para René. Mas em um descuido defensivo celeste, aos 10min, Fernandinho fez grande jogada pela ponta esquerda, chegou à linha de fundo e cruzou para Thiago Humberto balançar as redes.

Ainda na primeira etapa, em uma investida pelo alto, o Barueri surpreendeu os mandantes e virou o marcador. Após uma dividida de cabeça, a bola sobrou limpa para o artilheiro Pedrão, livre e praticamente em cima da linha, tocar para as redes. Mas antes de ir para os vestiários, aos 44min, o Cruzeiro conquistou nova igualdade quando Wagner cruzou na medida para Wellington Paulista empatar de cabeça.

Mas na volta para o reinício, uma falha do zagueiro Anderson, logo aos 2min, culminou em novo gol paulista. Mais esperto, Márcio Careca roubou a bola do zagueiro, avançou e tocou na saída de Fábio. Já com Kléber em campo, o Cruzeiro teve baixa importante aos 18min, quando Fabinho foi expulso. Com um jogador a mais, Pedrão bateu pênalti com força, aos 30min, assumiu a artilharia isolada do Brasileiro e decretou mais três pontos para os paulistas.

FICHA TÉCNICA

Cruzeiro 2 x 4 Barueri

Gols
Cruzeiro: Jonathan, aos 2min, e Wellington Paulista, aos 44min do 1º tempo
Barueri: Thiago Humberto, aos 11min, e Pedrão, aos 25min do 1º tempo; Márcio Careca, aos 2min, e Pedrão, aos 30min do 2º tempo

Esquema Tático do Cruzeiro
4-4-2
Fábio; Jancarlos, Léo Fortunato, Anderson e Vinicius (Bernardo); Fabinho, Marquinhos Paraná, Jonathan e Wagner; Wanderley (Kléber) Wellington Paulista (Zé Carlos); técnico: Adílson Batista

Esquema Tático do Barueri
3-5-2
René; Xandão, André Luiz e Leandro Castan; Eder, Ralf, Ewerton, Thiago Humberto (Val Baiano) e Márcio Careca; Fernandinho e Pedrão; técnico: Estevam Soares

Cartões Amarelos
Cruzeiro: Kléber e Bernardo
Barueri: Xandão e Val Baiano

Cartões Vermelhos
Cruzeiro: Fabinho

Árbitro
Leonardo Gaciba da Silva (RS)

Local
Estádio Mineirão, em Belo Horizonte (MG)



Fonte: Terra
Publicidade