PUBLICIDADE
Logo do

Vasco

Meu time

Dorival Júnior deseja sucesso ao "pupilo" Ramires

20 mai 2009
Publicidade

A primeira oportunidade de Ramires no Cruzeiro foi dada por Dorival Júnior, hoje técnico do Vasco. O volante foi contratado em março de 2007 vindo do Joinville, de Santa Catarina, mas não foi inscrito no Campeonato Mineiro e na Copa do Brasil, competições em que o time foi dirigido por Paulo Autuori.

» Ramires teria chegado a acordo com Benfica
» Companheiros já lamentam possível saída de Ramires
» Ramires admite sonho europeu, mas nega propostas
» Veja as últimas do Cruzeiro

Após a perda do título estadual para o Atlético-MG, Dorival Júnior, que tinha levado o São Caetano ao vice-campeonato paulista, assumiu o time e teve apenas três dias para conhecer o grupo e preparar os jogadores para a estréia contra o Fluminense no Campeonato Brasileiro.

O dono da camisa 8 era Ricardinho, que tinha retornado ao clube no início da temporada depois de cinco anos no futebol japonês. Maior recordista de títulos da História do Cruzeiro, o volante ganhou a concorrência do então desconhecido Ramires.

A aposta da diretoria que veio do Joinville conseguiu se firmar no Brasileirão e ganhou a vaga do experiente Ricardinho.

"Lembro que cheguei numa quarta-feira para estrear no sábado, se não me engano. Me mostraram o time-base do Cruzeiro e no treino vi um rapaz jogando no time de baixo. Em 20 minutos de treino, puxei e o coloquei no time de cima. Ramires já mostrava ser rápido, marcar muito e ter ótima saída de bola", relembra Dorival.

"É um jogador moderno. Ele foi como titular para o jogo e foi até um dos primeiros atritos que tive com a imprensa mineira. Mas no fim daquele campeonato, praticamente todo o time mudou e só Ramires permaneceu como titular. Será uma ótima contratação para o Benfica, caso se concretize", completou Dorival Júnior.

Fonte: Lancepress!
Publicidade