PUBLICIDADE
Logo do

Sport

Meu time

Em decisão da ponta de baixo da tabela, Náutico bate o Sport

1 nov 2009 20h25
| atualizado às 20h41
Publicidade

Náutico e Sport se enfrentaram neste domingo, em um duelo muito movimentado e cheio de gols, de dois times desesperados para fugir do rebaixamento. Jogando em casa e apoiado pela torcida, o Náutico levou a melhor e venceu o clássico pernambucano por 3 a 2, com gols de Bruno Mineiro, Carlinhos Bala e Irênio. Vandinho e Wilson marcaram para o Sport.

» Veja fotos de Náutico x Sport
» Veja a classificação atualizada
» Confira a tabela completa
» Receba os gols do seu time pelo celular
» Problemas no estádio? Mande seu relato
» Compre e venda ações dos times da Série A no Futex
» Comente o resultado do jogo

A equipe mandante iniciou melhor e logo de cara saiu pressionando o Sport que mal teve tempo de se organizar em campo. Aos 4min, Michel cruzou para Bruno Mineiro completar para as redes, abrindo o placar no Estádio dos Aflitos.

A partida continuou movimentada e o Sport chegou ao empate apenas quatro minutos depois de sofrer o gol. Hamilton lançou Vandinho na direita. O atacante tocou na saída de Gledson e deixou tudo igual no marcador.

O Náutico não sofreu o baque do gol e , empurrado por sua torcida, partiu novamente para cima do Sport, que procurava se defender e sair nos contra-ataques rápidos. No entanto, aos 32min, Carlinhos Bala acertou um belo chute de fora da área e a bola ainda desviou em Durval antes de entrar no gol. Dessa maneira, depois de bom primeiro tempo, as equipes foram para os vestiários.

O Sport voltou determinado a matar na segunda etapa e passou a sufocar o adversário ganhando o meio de campo e com mais volume de jogo. A recompensa veio aos 15min, quando Arce tocou para Wilson chutar cruzado e empatar o jogo.

Porém, a alegria durou pouco. Aos 18min, em ataque do Náutico, Irênio arriscou de longe e o goleiro Magrão aceitou, deixando o time mandante novamente na frente no placar.

Ao Sport restou pressionar. O time do treinador Péricles Chamusca partiu com tudo para o ataque, mas de maneira desorganizada, sem conseguir concluir em gol. A melhor chance foi uma falta cobrada por Andrade no travessão, aos 39min.

Com a vitória, o Náutico sobe para a 18º colocação na tabela, com 35 pontos. Embora muito delicada, a situação acende uma luz no fim do túnel para a equipe do treinador Geninho escapar do rebaixamento. Já o Sport estaciona nos 30 pontos e na lanterna do Brasileiro, praticamente dando adeus à Série A.

FICHA TÉCNICA

Náutico 3 x 2 Sport

Gols
Náutico: Bruno Mineiro, aos 4min , Carlinhos Bala, aos 32min do 1º tempo e Irênio, aos 18min do 2º tempo
Sport: Vandinho, aos 8min do 1º tempo, e Wilson, aos 15min do 2º tempo

Ponto Forte do Náutico
Jogadas em velocidade no ataque

Ponto Forte do Sport
Vandinho, que teve boa atuação até ser substituído por lesão

Ponto Fraco do Náutico
Posicionamento na defesa, que deixou muito espaço ao ataque do Sport no 2º tempo

Ponto Fraco do Sport
Falhas de marcação e aceitou a pressão do adversário no 1º tempo

Esquema Tático do Náutico
3-5-2
Glédson; Fernando, Vágner, Márcio; Patrick, Johnny, Aílton (Juliano), Irênio (Nilson) e Michel (Anderson Santana); Carlinhos Bala e Bruno Mineiro. Técnico: Geninho

Esquema Tático do Sport
4-4-2
Magrão; Moacir, Durval, Igor e Dutra; Hamílton (Ciro), Andrade, Luciano Henrique (Adriano Pimenta), Fabiano; Wilson e Vandinho (Arce). Técnico: Péricles Chamusca

Cartões Amarelos
Náutico: Glédson, Márcio, Carlinhos Bala, Johnny, Aílton
Sport: Dutra, Andrade, Arce, Luciano Henrique

Árbitro
Sálvio Spinola Fagundes Filho (Fifa-SP)

Local
Estádio dos Aflitos, no Recife (PE)




Jogadores do Náutico vibram com gol sobre o Sport
Jogadores do Náutico vibram com gol sobre o Sport
Foto: Antônio Carneiro Costa / Gazeta Press
Fonte: Terra
Publicidade