PUBLICIDADE
Logo do

Sport

Meu time

Em jogo de 6 gols, desesperados Sport e Náutico empatam

26 jul 2009 17h54
| atualizado às 18h19
Publicidade

Sport e Náutico empataram em 3 a 3 em encontro na Ilha do Retiro, em jogo que comemorou os 100 anos do maior clássico pernambucano, pela 14º rodada do Campeonato Brasileiro. Com ambas as equipes ameaçadas pelo rebaixamento, o jogo foi marcado pelo equlíbrio, por muitos gols e pelo público abaixo do esperado. O Sport estava apenas a uma posição acima da zona de degola, enquanto o Náutico inicou a partida na vice-lanterna do campeonato, com dez jogos sem vitória.

» Veja fotos da partida
» Receba os gols do seu time pelo celular
» Veja a classificação atualizada
» Confira a tabela completa
» Comente o resultado do jogo

A partida começou equilibrada, com o jogo muito concentrado no meio de campo. A marcação forte das duas equipes dava pouco espaço para a criatividade. No entanto, aos 23min do primeiro tempo, no primeiro ataque efetivo da partida, o Náutico abriu o placar. Carlinhos Bala foi lançado, protegeu bem a bola, invadiu a aárea e chutou rasteiro no canto esquerdo de Magrão.

Empurrado pela torcida, o Sport mostrou reação e passou a oferecer mais perigo mais perigo ao adversario, explorando a velocidade. A leve melhora deu resultado aos 37min. Após cobrança de escanteio de Dutra, Fabiano, de cabeça, empatou o jogo, para delírio da torcida do Sport.

Os times voltaram para a segunda etapa e mal puderam respirar. Logo no primeiro minuto, depois de cruzamento da esquerda, Carlinhos Bala foi derrubado na área e o árbitro marcou pênalti. Gilmar cobrou com perfeição e recolocou o Náutico à frente do marcador, quando o cronõmetro maracava 2min do segundo tempo.

Logo em seguida, depois de cruzamento da direita, Dudu Araxa colocou a mão na bola dentro da área do Náutico. Os jogadores do Sport pediram o pênalti, mas o árbitro mandou o jogo seguir. A partir daí, os jogadores começaram a questionar bastante a arbitragem de Wagner Tardelli.

Com o segundo tempo mais movimentado, apesar do equilíbrio, não demorou a asir o empate do Sport. Aos 7min, Dutra cobrou falta com precisão e Durval empatou de cabeça. Foi a segunda assistência de Dutra no jogo.

Aos 22min da segunda etapa, o Sport ampliou o marcador e alcançou a virada, mais uma vez em jogada aérea. Sandro Goiano cruzou na área, Fabiano escorou de cabeça e Guto, também de cabeça, completou.

O Náutico não se abateu e empatou logo em seguida, novamente com Carlinhos Bala, ex-jogador do Sport. Aos 28min, Anderson Santana cruzou da esquerda. O goleiro Magrão afastou mal e Carlinhos Bala, de cabeça, marcou.

Com o empate, o Sport vai para 13 pontos e fica na 17º posição na tabela. O Náutico, por sua vez, segura a vice-lanterna, com apenas 11 pontos. Ambos os times estão na zona de rebaixamento.

FICHA TÉCNICA

Sport 3 x 3 Náutico

Gols
Sport: Fabiano, aos 37min do 1º tempo; Durval, aos 7min do 2º tempo e Guto, aos 22min do 2º tempo
Náutico: Carlinhos Bala aos 8min do 1º tempo e aos 29min do 2º tempo; e Gilmar, aos 2min do 2º tempo

Ponto Forte do Sport
Jogadas aéreas

Ponto Forte do Náutico
Velocidade do ataque

Ponto Fraco do Sport
Muitos passes errados

Ponto Fraco do Náutico
Muitas falhas da zaga

Personagem do jogo
Carlinhos Bala, do Náutico, que marcou dois gols e sofreu o pênalti

Esquema Tático Sport
3-5-2
Magrão; Igor, César e Durval; Elder Granja, Hamilton, Sandro Goiano, Fabiano e Dutra (Bruno Telles); Vandinho e Guto (Fumagalli). Técnico: Emerson Leão

Esquema Tático Náutico
4-4-2
Glédson; Galiardo (Acosta), Nilson, Vagner, Anderson Santana; Dudu Araxá (Douglas Maia), Johnny, Derley e Aílton (Juliano); Carlinhos Bala e Gilmar. Técnico: Geninho

Cartões Amarelos
Sport: César

Árbitro
Wagner Tardelli (SC)

Local
Ilha do Retiro




Carlinhos Bala marcou dois gols em clássico pernambucano
Carlinhos Bala marcou dois gols em clássico pernambucano
Foto: Gazeta Press
Fonte: Terra
Publicidade